Pesquisa neste blog =D

11.8.09

Mas que coisa mais bunita...

Hoje tomei um susto. Tava bem belo olhando tv no lado da namorada quando dá uma notícia que, como agente diz, foi de "cair os butiá dos bolso": Bispo Edir Macedo indiciado por formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

Claro que não precisa ser muito lúcido pra ver que naquela igreja tem alguma coisa de errado: todo ano a IURD arrecada aproximadamente um bilhão e quatrocentos milhões de reais. Tem que ganhar umas 30 vezes (fazendo as contas nos dedos) na mega-sena pra tirar todo esse dinheiro.

As pregações e 'rituais' também tem grandes problemas e confusões(eu acompanho os programas deles de madrugada as vzs e coisas como "unção da habilidade" e "tratamento espiritual" são só alguns exemplos de bizarrices... sem contar a fogueira santa neh ¬¬).

O Maior problema é que isso traz uma má fama pros evangélicos em geral. Outro dia mesmo eu tava conversando com um amigo que considerava (a velha consideração) que as igrejas 'só serviam pra tirar dinheiro do povo', coisa que nem sempre é real (apesar de, nessas igrejas do seu Edir, parecer bem verdade, tanto pros crentes quanto pros não-crentes)... E agora como é que fica a nossa cara?? o povo bota 'os crentes' todos no mesmo saco, não quer nem saber quem é honesto e quem não é.. pra eles quem não é honesto é porque ta sendo enganado ¬¬ E a realidade na graaaaaande maioria das igrejas não é essa. Na maioria das igrejas que eu conheco o pessoal leva a sério a fé, do pastor ao porteiro, e se enganja e faz o trabalho que tem que fazer. No nosso caso não é diferente: minha função é da parte da música, junto com o departamento de música, e agente faz ali o que aprendeu... e o que aprendeu, aprendeu com os mais antigos, com o próprio esforço e com a benção Divina. E quando ficar velho vai passar o que aprendeu adiante e esperar que cada vez mais gente se engange na Obra. Se o negócio cresce, é porque Deus botou a mão. Não tem megainvestimento estrangeiro nem nada. Quando agente consegue comprar algum instrumento novo, é porque Deus abençõou e os irmãos colaboraram, todos juntos, com a causa. Esse sistema só mostra que somos uma comunidade unida em um só propósito (até porque isso não funciona só na questão musical, mas em vários outros aspectos que envolvem dinheiro). Nossos dizimos e nossas ofertas são, enfim, encaminhadas da maneira certa como em qualquer outra organização de direito privado não-governamental que tenha boa fé (e de fato, nós sempre vemos os "bons frutos" depois do esforço).

O infeliz é que mais uma vez os evangélicos sadios vão sair prejudicados por causa de uma pilantragem (que ja está sendo mostrada desde 95) de alguns que botam nossa boa fama pelo ralo.

Paztejamos, mesmo que pareca um pouco impossivel ¬¬
t+

2 comentários:

  1. Pois é, isso realmente é lamentável, muito lamentável.
    Outra coisa que eu acho muito extranha são os termos espíritas usados por eles, a exemplo de fechamento de corpo, também feito no espiritismo par que o corpo de uma pessoa esteja fechado para qualquer alguma coisa, doença por exemplo. Isso realmente é anti-bíblico.

    Eu lembro de uma passagem onde Jesus diz: "ai daquele por onde vem o escândalo". Certamente esses pagaram caro perante Deus.
    Outra certeza é que "as portas do inferno não vão prevalecer contra a igreja".

    Paztejemos sempre!
    Peace on you.

    ResponderExcluir
  2. É mesmo, Eliasibe. Já vi eles usarem ex-pais de santos para explicarem como funciona os rituias das religiões africanas (!).

    Mas, sabe, eu acho que a gente (quando falo gente, refiro-me ao evangelicalismo sério) deveria fazer algo para nos diferenciar deles.
    Todos nós levamos o nome "evangélico"...sei lá, acho que deveríamos tornar esse nome mais restrito.

    Abraços

    ResponderExcluir

Dá um apoio moral pro blogueiro aqui.
Comenta aí ó: