Pesquisa neste blog =D

17.8.09

nao se apegaras as placas

Há alguns dias discuti com um dos meus tios (um deles, eu tenho uns quantos) porque segundo ele todo o 'escandalo' da igreja universal é pilantragem da globo pra derrubar a record - coisa que eu acho meio 'teoria da conspiração', até porque saiu em todas as mídias de vááááários países e não só na globo; sem contar que é o ministério público quem investiga esse tipo de coisa e não a globo.

Convém a ele defender a IURD porque, claro, ele faz parte dela... mas me convém atacar também, ja que não concordo com o sistema de "mercado de bençãos" que funciona la ¬¬ por isso esse tipo de dialogo não ia levar a lugar nenhum (e não levou mesmo).

Mas o caso é: Por que as pessoas assumem uma posição de defesa pra uma coisa escancaradamente incorreta? Eu me pergunto isso desde muito tempo, mas nos ultimos dias essa questão tem saltado na minha mente várias vezes ao dia (até por não ter mais no que pensar xD) principalmente por causa da pilantragem do senado e igrejistica.

É mais ou menos assim: eu sou do PMDB; logo, eu apoio o Sarney, não importa o quão errado ele escancaradamente esteja (e as conversas telefonicas mostram claramente). Não é uma questão ideológica, mas uma questão de 'estar unido ao time'... uma burrice, sinceramente. Dentro da minha cabeça (que é igual a de qualquer outro) eu não consigo imaginar uma pessoa que ingenuamente acredite de fato que o Sarney é inocente das baboseiras dos atos secretos do caramba ¬¬

Da mesma forma o pessoal da IURD. Desde 1995 tem denuncias contra o tal Edir Macedo e vídeos que mostram que ele não é nenhum santo. Existem vááááárias denuncias de gente que se sentiu 'lesada' e processou a IURD e a tv (em geral, não só a Globo) de vez em quando mostra alguém - e eu nunca me esqueço de um caso que eu vi no extinto "programa do Ratinho" (aquele que tinha o Marquito e o Azeitona... não esse de agora que é pra familia) de um cara que recebeu uma promessa de um pastor (pastor?) que disse que se ele desse uma oferta X ele conseguiria um carro em 30 dias. Mas passados os 30 dias o cara foi pedir o dinheiro de volta porque não tinha conseguido o carro.

Eu sinceramente não concebo como as pessoas podem se enganchar nesses caras que nem carrapatos dizendo "pobrezinhos, estão sendo perseguidos", ignorando vídeos, provas e distorções que 'gritam' no meio deles. É igual com a Renascer, onde até tatuagem os caras fizeram pra defender os 'bispos'...

E eu não "ataco" as instituições dos outros. Eu sinceramente acho que a Universal é um baita movimento e seria bem melhor aproveitado se eles se organizassem e concertassem esses 'probleminhas' (pra ser eufemico) pra ter uma obra mais coerente. O problema não é a instituição, mas sim alguns malandros...

Na Assembléia também tem buraco. Outro dia mesmo postei sobre o programa do Silas Malafaia onde um cidadão que eu nem sei o nome direito pedia 900 reais de 'oferta voluntária' pra "liberar benção pro povo de Deus". Ae alguém pode dizer "ah, mas não foi o Silas quem pediu dinheiro"... mas foi ele quem convidou o cara pro programa, foi ele quem deixou aquilo ir ao ar e, principalmente: a tal Bíblia de "Batalha Espiritual e Vitória Financeira" (ai como eu detesto essa ultima expressão) que o Silas publicou é de autoria desse mesmo cidadão. Sem contar alguns figurões que fizeram fama no nosso meio com expressões do tipo "crente que tem promessa não morre", "vira pro seu irmão do lado e fala lingua estranha"(como se lingua estranha fosse algo com que se pudesse dar 'rajadas') e "crente que não grita ta com defeito de fabricação" a estilo Marcos Feliciano e companhia.

Eu sei que é chato ficar falando dos defeitos dos outros e das coisas de que não se concorda, mas era exatamente esse o assunto do post. Eu não me apego por completo as placas, as denominações, porque não é nelas que está a salvação. Durante todo o período da Igreja na terra, sempre vamos encontrar defeitos no nosso meio não importa o quão aparentemente "perfeitos" sejamos (e, na minha opinião, o próprio 'se sentir aparentemente perfeito' ja é um sinal de imperfeição... se não me engano é a igreja de Laodicéia que é assim neh? [depois eu confiro]).

Apesar de eu gostar da minha "Bléia" por ser o lugar onde eu me converti de verdade; onde eu verdadeiramente aceitei a Jesus; onde eu congrego; e onde eu aprendo e cresço espiritualmente constantemente; nunca deixo de respeitar as outras denominações e a contribuição que elas dão pra Obra de Deus.

Eu sinceramente acredito que eu faço parte de uma Igreja maior, simplesmente chamada Igreja, sem uma placa específica, onde tem gente de várias placas, que interagem entre si e respeitam cada um a sua placa, mas com uma visão voltada pra Deus e não pras estruturas sociais que supostamente implicam crer nEle.

Exemplo disso é que atualmente meu maior exemplo tem sido o Rob Bell e pelo que eu sei ele é pastor de uma igreja que ele mesmo fundou (carece de fontes :P); Outro pregador que admiro é de uma igreja batista. Vários grupos que eu escuto de outras igrejas... enfim, eu acredito que todo mundo tem que ter o bom senso e a auto-crítica pra poder discordar do que vê dentro (e também fora) da própria igreja.

Enfim... sobre a pergunta inicial entao: se as coisas me parecem certas eu apoio; se as coisas me parecem incorretas eu vou contra. Independente de ser parte do meu time ou não. É assim que acredito que as coisas deveriam funcionar.
_______________
pensamento que pode chatear algum leitor...
se isso acontecer: me desculpe (por favor comente pra podermos expor idéias).

Paz tejamos =D

3 comentários:

  1. Excelente post Jean!
    Eu penso exatamente dessa forma.
    É realmente triste que as pessoas ignorem a Lei do Senhor para defender corrupções desse tamanho, simplesmente por fazer parte do "mesmo time", como tu falaste.

    A propósito, o dito de Laodicéia é: "rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta".

    ResponderExcluir
  2. Então, né...
    Se alguma coisa ta errada tem que mostrar e pronto. Mas eu nao aguento mais essa "guerrinha" ridicula entre os dois canais ("quem ta com a razao a globo ou a record?"), pra mim não é o diabo, nao é perseguiçao, e tudo joguinho pra ver que pode mais. Eu assisti aquela picaretagem que passo no programa do pastor silas, que fizeram questao de reprisar dois sabados seguidos (parabens). Temos que nos apegar na Palavra e no dicernimento que Deus nos da, se nao...

    Uma coisa que sempre me dizem: Não olhe pros lados, olhe pra cima. =)

    ResponderExcluir
  3. vlw Felipe =D eu acabei não procurando depois :P

    ___
    Eu não vi eles reprisarem Juh, porque eu normalmente não olho o programa do Silas (domingo é dia de acordar tarde) :D
    ___
    aah, mas tomara que Jesus volte logo =D

    ResponderExcluir

Dá um apoio moral pro blogueiro aqui.
Comenta aí ó: