Pesquisa neste blog =D

6.1.10

Bloqueio Atrio-Ventricular

Há muito tempo eu já sei que tenho uma tal de "arritimia cardiaca". Desde novo, enquanto eu estou caminhando, parado, sentado, comendo, dormindo, jogando, etc, o coração derrepente despara e eu fico acudido pensando "putz, que isso?!".

Com o tempo acostumei a respirar devagar quando me dá isso, ja que, segundo o meu empirismo, o negócio tende a melhorar quando eu controlo a respiração.

Fiz váááários eletrocardiogramas sem sucesso de detecção da causa disso. Coloquei até um 'holter' - um tipo de 'escuta' que passa 24horas comigo e fica ligada a mim por eletrodos. Nada. Nunca apareceu um motivo sequer para esse probleminha que me acometia a cada, sei la, uma duas ou tres semanas.

Como eu escrevi nesse blog [há um século atras] eu tenho um pequeno problema de amigdalas. E, como esse problema gradativamente cresce (as criptas tendem a aumentar conforme as pedrinhas se desenvolvem nelas - estou vivenciando isso!), há algum tempo eu vinha namorando a idéia de operar as amigdalas - eu e meu irmão (ele sofre com a garganta MUITO MAIS que eu).

Enfim... processo pós-operatório, fazer exames pra ver se não tem contra indicação, correrio, pá! Eletrocardiograma. Eu até ia levar um que já tinha feito a menos de 6 meses quando eu tava cismado (de novo) do coração enloquecer. Mas "aah, que que custa fazer outro... só pra desencargo de consciencia" [graças a Deus eu desfruto de um plano de saúde e não preciso me preucupar com o gasto de mais um exame].

Moral da história: achamos no meu coração um tal de BAV de 1o grau (Bloqueio Atrio-Ventricular). Não tem um artigo esmiuçando o que isso faz no coração da gente, mas o médico explicou por cima e eu não me arrisco de tentar parafrasear.

Dei graças a Deus. To confuso, não sei se isso dá problema ou não (já que ainda não consultei o cardiologista de novo pra saber o quão horrivel isso pode ser).

O que eu li neste site é que "

O sintoma mais comum, entretanto, é a tontura, altamente limitante nos pacientes idosos, podendo ser encontrada em até 70% deles em algumas populações específicas; inadequadamente diagnosticada como vestibulopatia, retarda o diagnóstico correto e seu tratamento.

O sintoma mais preocupante, em relação aos bloqueios cardíacos, é o quadro de morte súbita, o qual se manifesta como primeiro sintoma em menos de 5% da população que desenvolve o bloqueio atrioventricular total.

"

O que confere, pois tontura é uma constante (pelo menos duas por semana).

Mas por que isso é tão importante e influi na minha vida?

Pensei nessa questão pouquissimo tempo, mas isso me parece um sinal ou uma 'resposta'.

Estou estudando pra entrar pra Física esse vestibular (finalmente!). Mas algo ainda me sinaliza em direção a possibilidade de tentar entrar na aeronautica. Não que eu simplesmente vá desistir da tentativa por causa disso. Mas ao que me consta, para a aeronautica é necessário passar por um teste de saúde e para isso é necessário... err... ser saudavel (dã).

Há um bom tempo peço pra Deus me ajudar nas minhas escolhas pra que eu melhor sirva a Ele. Eu não sou la um "exemplo exemplar", mas eu tento do meu jeito e, sei lá, essa pode ser uma forma interessante de Deus me mostrar por onde ir (e por onde não ir).

Eu sei que as escolhas são feitas pela gente (desculpem os calvinistas, é nisso que creio) mas num universos de possibilidades o Senhor tem todo poder de 'bloquear' certos caminhos.

Fico triste por um lado (o de talvez não poder tentar) mas fico feliz porque talvez encontre o caminho 'segundo o coração de Deus' (se é que posso dizer assim).

Logo logo já marco consulta pro cardiologista pra ver esse BAV. Esperarei os resultados pra comentar mais =DDD

(mais uma da série "doenças bizarras do Jean" xD)

Peace on you

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dá um apoio moral pro blogueiro aqui.
Comenta aí ó: