Pesquisa neste blog =D

4.1.10

Comentário acerca dos que citam Jesus pregando um evangelho estranho

Muitas são as diferenças entre calvinistas e arminianos; históricos, pentecostais ou emergentes, mas, apesar de tudo, em geral, consegue-se viver em harmonia ja que entre todas as divergencias são a principio bem fundamentadas teologicamente.

Decorrente do fato de sermos mais cristãos do que teóricos, conseguimos esquecer divergencias especificas e viver como irmãos. Eu mesmo, creio na "multiforme manifestação do Espírito" conforme 1Corintios 12, mas nem por isso deixo de tratar como irmão aquele que frequenta a igreja luterana.

E não ficamos só nos nossos "bairros". O irmão que participa da "Igreja XYZ since 2009" também é irmão tanto quanto qualquer um. A irmã que só usa saia e não corta o cabelo também é merecedora da Paz do Senhor todos os dias. O meu problema é com as falsas doutrinas!

Eu fico indignado quando eu vejo um vídeo que nem esse ultimo que eu postei aqui [post anterior]. E eu fico mais indignado quando eu vejo pessoas defendendo esse tipo de coisa, chamando qualquer um que se oponha (com argumentos plausiveis ainda) de fariseu, herege e acomodado.

Eu oro sempre pra Deus não me deixar ficar cisudo, arrogante, daqueles que fica ouvindo os sermões procurando defeitos pra poder apontar. Eu sempre tento relevar aquilo que eu escuto de estranho quando a reflexão faz sentido ou conduz a alguma coisa "biblicamente consistente". Mas eu não consigo esquecer de passagens como quando Jesus diz pra "conhecer-mos a verdade que ela nos libertará". E não consigo deixar de vincular esses propagadores de doutrinas estranhas com aquelas pessoas que Jesus disse que "nunca conheceu".

Eu assisto o programa do "MonteCarlo" todo dia de manha. Eu acordo cedo, dá tempo de ver quase inteiro. As vezes as palavras até são interessantes. Mas de que adianta, se metade do programa é propaganda ou clipe? e os clipes ainda são com "canções" (que não são hinos, na minha opinião) que falam em "tomar posse da vitória" ou "milagres no meu passado, presente e futuro".

Outro dia eu até fui aconselhado por um irmão leitor (que é irmão da igreja) a ser mais 'suave' quando critico essa gente "grande" (que aparece na TV e etc) porque apesar de tudo eles estão fazendo a parte deles e evangelizando. Mas eu acho que esse evangelho que eles pregam não tem nada a ver com o verdadeiro Evangelho. Acho que eles estão mais é enganando em massa e envergonhando o nome de Jesus.

Tenho pena da gente enganada [aqueles que, volto a dizer, atribuo o titulo de irmão tranquilamente] que dá dinheiro sinceramente achando que está fazendo um grande bem. Peço a Deus que Ele ilumine a mente dessa gente pra que façam melhor proveito desse dinheiro (talvez investindo na obra local, ou em alguma instituição autenticamente cristã, sei la), em vez de dar dinheiro pra pilantragem.

Acho engraçado o comentário dos irmãos do tipo "Enquanto eles estão falando de Jesus voces estão aí criticando". Se fosse pra simplesmente falar de Jesus os espíritas, testemunhas de Jeová, adventistas, além de diversas outras filosofias (até o marxismo tem sugestões que Jesus era comunista - John Piper cita na introdução de "Seeing and Savoring Jesus Christ" [Um Homem Chamado Jesus Cristo - em versão Brasileira]) fazem nosso trabalho. O "Ide" de Jesus estaria sendo cumprido numa expressividade incrivel.

Mas não basta só falar de Jesus. Esqueceram o sentido das coisas. Priorizam o Sola Fide e o Sola Gratia e esquecem o Sola Scriptura. Isso me encomoda extremamente.

As vezes eu acho que o que faço não é efetivo. Penso que tenho que parar de escrever porque aqui eu só dou uma visão arrogante de mim, criticando tudo e todos como se ninguém fosse bom o suficiente pra mim. Mas não importa. Se alguém ler e for util pra alguém; Se esses textos abrirem os olhos de alguém; ou se esses textos simplesmente despertarem questionamentos na cabeca de alguém, isso já é um grande lucro pro crescimento espiritual coletivo.

Eu aprendi muito com blogs cristãos brasileiros. Acho que praticamente a totalidade das heresias são combatidas por eles. A internet é enorme e se encontra textos esclarecedores pra muitissimos assuntos da Bíblia. Eu também escrevo nesse intuito. Acho que se todos tivessem condições de ler o que se tem escrito pela internet o conhecimento Bíblico sobre assuntos divergentes ou polemicos seria bem razoavel. Infelizmente a grande maioria só tem acesso a tv. Infelizmente mesmo.

Paztejamos irmãos.
Com sinceridade.
E desculpa se machuquei alguém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dá um apoio moral pro blogueiro aqui.
Comenta aí ó: