Pesquisa neste blog =D

17.5.10

The King of Fighters 94



Saindo um pouco de nossas acaloradas postagens...

Alguns já sabem de meu apreço pela série The King of Fighters. É para mim o melhor jogo que há!

Hoje vou falar sobre o primeiro jogo da série: The King of Fighters 94!

The King of Fighters 94 foi um jogo de luta inovador na época por reunir personagens de 4 jogos já existentes da empresa SNK (Fatal Fury, Art of Fighting, Psico Soldiers e Ikari Warriors), além de possuir personagens próprios. Nessa classe, está o protagonista, Kyo Kusanagi (O maior! Uma salva de palmas!)

A história? Tudo começa em 1994, quando um magnata do mercado negro, Rugal Bernstein, navega pelos mares do mundo em seu porta-aviões próprio (!), o Blacknoah. Ele, que causava medo em todos os países, resolve organizar um torneio que reunisse os melhores lutadores do mundo, dispostos em times de três pessoas. Rugal queria se divertir lutando com o time campeão, já que ele próprio era um lutador sem paralero.

Aí oito nações do mundo escolheram seus times:

Japão: Kyo Kusanagi, Benimaru Nikaido, Goro Daimon
EUA: Heavy D!, Lucky Graubler, Brian Battler
Itália: Terry Bogard (\o/), Andy Bogard (¬¬), Joe Higashi
México: Ryo Sakazaki, Robert Garcia, Takuma Sakazaki
China: Athena Asamyia, Sie Kensou, Chin Gentsai
Coréia do Sul: Kim Kaphwam, Chang Koehan, Choi Bounge
Brasil (!): Heidern, Ralf Jones (\o/), Clark Steel
Inglaterra: King, Mai Shiranui, Yuri Sakazaki (o time feminino; todas fantásticas!)

Uma curiosidade: no cenário do Brasil (Amazônia), há a presença constrangedora de uma babuíno, macaco existente só na África.


Essa é a abertura do jogo. Me emociono sempre que ouço essa música...



Minha música preferida do jogo: o tema do time da Inglaterra, "Ne!"



E essa é para o John: o tema do time da China:



Bem, como diz o Rugal na carta que envia aos competidores: "isso é tudo" xD

Paz

5 comentários:

  1. Tipo... muito tri que na música da Athena tem uma parte que o riff do fundo alterna entre o ouvido esquerdo e o ouvido direito. Muito louco!!!

    (sim... muito bom. A música da Athena é ótima!!!)

    ResponderExcluir
  2. AAA... e... Rugal super plagiador...

    Isso é tudo =====> Isso é tudo pessoal =====> That's all folks =====> Looney Tunes

    ResponderExcluir
  3. Hahahahahah

    Sim, o Rugal é tão plagiador que dois dos golpes dele não são de sua autoria: o Reppuken é do Geese Howard (chefe do Fatal Fury), e o Kaiser Wave é do Wolfgang Krauser (chefe do Fatal Fury 2)!
    Sem falar em como ele é apelão...

    ResponderExcluir
  4. baah,eu nao sabia que o KoF era essa salada de jogos xD Eu pensava que tinha personagens próprios e independentes :P

    muito loco isso =DD

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Dá um apoio moral pro blogueiro aqui.
Comenta aí ó: