Pesquisa neste blog =D

11.7.10

Campanha do Agasalho - Fail

Nossa campanha arrecadou bastante roupas. Eu não fui na ceia, mas segundo o titio (meu tio, conhecido assim por todos na igreja), o pedágio arrecadou roupas na campanha do agasalho e resolveu doar para a nossa igreja distribuir também.

Eu não pude estar na igreja nos últimos 4 domingos. Mas estava tranquilo em relação a isso porque uma irmã muito querida tinha se disposto a trabalhar com isso. Ela recolheria as roupas, lavaria, passaria, separaria, tiraria as que não prestavam e doaria para as pessoas de um cadastro criado por ela mesma para listar pessoas carentes. Ela já está envolvida nessa função de ação social há algum tempo e, por isso, algumas pessoas carentes procuram por ela na igreja mesmo.

Hoje fui falar com ela sobre as roupas recolhidas.

Infelizmente as roupas não passaram por esse "processo de carinho" que ela se dispos a fazer. Um irmão (que eu não sei quem é mas que deve estar no comando de alguma coisa na igreja para ter podido fazer tal coisa) que ela não quis citar o nome se encarregou sozinho do processo de distribuição das roupas recolhidas, sem nenhum tratamento ou critério de seleção aparente. O que me encomoda é que, segundo essa irmã o pastor tinha delegado a ela a responsabilidade de fazer tal distribuição, o que significa que esse irmão "meteu o bedelho onde não foi chamado".

Fiquei triste porque:
1 - As roupas doadas são parte da boa vontade das pessoas de fazer o bem a aqueles que não tem como se agasalhar no inverno. Tratar com desleixo das roupas arrecadadas significa desdenhar da boa vontade de cada doador;
2 - Em nenhum momento esse tal irmão veio comunicar alguma coisa aos organizadores da campanha (eu, por exemplo). Tanto é verdade que EU NEM SEI QUEM É ESSE IRMÃO! (caso contrário o nome dele estaria aqui - não sou gente de ficar se escondendo atras de generalisações, dou nomes aos bois). Eu não me considero dono da campanha, fiz de boa vontade e fico feliz de todo mundo que quiser ajudar. Mas quem não ajuda não atrapalha: não gosto de ver uma tentativa de ajuda ser frustrada pela vontade egoísta de alguém. Esse irmão poderia ao menos falar comigo para dizer "irmão, vamos fazer assim assim assado" ao que eu responderia "olha, eu ja combinei com a irmã aquela, então deixa pra ela";
3 - Não estramos tratando aqui de RAÇÃO para GADO. São AGASALHOS para PESSOAS. O que significa que temos que ter mais cuidado. Não dá pra doar roupas femininas para um homem. Não dá pra doar roupas de criança para um adulto. Não dá pra doar três camisetas de manga curta pra um e 3 casacos compridos para outro. Não dá pra doar roupas sujas ou rasgadas. É o mesmo que doar alimentos estragados para pessoas que não tem o que comer. Esse tipo de coisa "queima nosso filme", se agente não cuida esse tipo de coisa, em próximas campanhas ninguém quer doar.

Enfim.
De alguma forma espero que essas roupas cheguem a um destino necessitado e pobre. Nos próximos anos eu vou fazer questão de acompanhar todo o processo de perto pra não deixar nenhum 'malandro' se aproveitar de tudo.

Paztejamos

2 comentários:

  1. Afff...eu pensei q tinha postado aki...
    é uma pena as coisas ainda funcionarem deste jeito na igreja...
    O jeito é descobrir quem é esse "irmão" e saber com ele se realmente foi entregue a quem realmente precisava. Bah...isso nem parece real..q história absurda!
    +Jean, eu quero falar contigo...pois eu imagino quem seja..e não custa perguntar!

    ResponderExcluir
  2. não não Taise, eu vou resolver
    mas não com essa revolta toda com que eu escrevi esse tópico xD
    me obrigo a fazer isso porque acho sacanagem não prestar conta do que eu propus aqui no blog.

    foi uma coisa ruim, mas dá pra resolver pelo menos pra não dar isso nas próximas.

    paztejamos

    ResponderExcluir

Dá um apoio moral pro blogueiro aqui.
Comenta aí ó: