Pesquisa neste blog =D

29.9.10

Os Barbixas no Jo Soares

Eu so muito fã desses caras. Essa entrevista foi dia 20 e eu me lembro de ver um pedaço na TV. Hoje estava na internet e achei, então resolvi postar.





Paztejamos

Resumo sobre Política Vinculada ao Cristianismo 2

Para variar o pastor Silas Malafaia falou abobrinhas no programa dele e contribuiu para que os crentes caissem na paranoia do "Dilma = Satanás". Dessa vez ele não citou ninguém, só falou sobre o homossexuais e aborto e mandou ler alguns textos no site dele.

Aqui o vídeo:


O texto que ele mandou ler se trata da carta dos Petistas e da resposta que ele deu em defesa ao pastor Piragine que eu citei no outro post sobre o mesmo tema.

Além disso tem um texto em que ele muda de idéia e resolve que vai votar no Serra e não na Marina. Em resumo, ele mudou de idéia porque a Marina, segundo ele, é dissimulada e defende plebiscito para resolver questões como aborto e drogas.

Aqui o texto em que ele muda de idéia: http://www.vitoriaemcristo.org.br/_gutenweb/_site/pdf/carta_mudanca_voto2.pdf

Como não poderia ser diferente, alguém da "esquerda evangélica" (a qual eu faço parte) tinha que responder tais declarações por serem no mínimo inesperadas.

Salta o Caio Fábio sentando o pau no Silas:


Enquanto isso:
* as últimas pesquisas dizem que Dilma ganha já no primeiro turno;
* os evangélicos continuam sua perseguição a moda "camponeses com tochas" contra as correntes satânicas do PT (até agora sem nenhuma confirmação confiável);
* as pessoas continuam recebendo emails sem motivo dizendo "não vote em Dilma" que não tem nenhuma argumentação mas só se interessam em reclamar da candidata, assim como fazem com o Lula (mesmo ele sendo um presidente razoável);
*Eu que era Marina to começando a pensar que vou com o Plínio :P


Eu sinceramente não sei porque posto essas coisas aqui. Mas eu acho muito fragmentadas as informações que se encontra por aí, e por isso faço esse "pacote" de más novas toda vez que eu acho que já acumulou o suficiente de assunto.

PS: o Genizah tem um post sobre o assunto com os comentários no twitter sobre a virada de casaca do Malafaia: http://www.genizahvirtual.com/2010/09/silas-malafaia-ataca-marina-silva-dias.html

Paztejamos

28.9.10

Político Porcalhão

Meu irmão linkou um site no blog dele (Rabanetes Cebolas) que eu achei muito bom!

Se chama Político Porcalhão e se trata de denunciar as sujeiras, placas, adesivos e etc colocado nas ruas na época de eleição. O legal é que eles botam o nome do político e dizem "não vote nesse porcalhão" xD
UEHEAUHEHAUEAH

Eu achei genial, e se eu tiver a oportunidade vou denunciar também :P

Paztejamos

27.9.10

Perspectivas 7: A Vila e A Banda

Há algum tempo eu vinha procurando um lugar para dar aulas de música. Pensei que poderia tentar o Cônego Scherer (o colégio onde estudei meu ensino médio e que gosto muito), mas como ainda planejo "tirar" a escola de música da igreja para um colégio (minha luta que eu fico enxendo o saco do Alex sempre) eu idealizei esse lugar para isso.

Mas ... andei pensando bastante sobre o Vale. Pra contextualizar (caso alguém não conheça):

O Vale é o Campus da UFRGS onde eu estudo. Ele fica retirado do Centro da cidade e fica na divisa com Viamão (uma cidade visinha de Porto Alegre). No lado do vale fica "A Vila". A vila oficialmente se chama "vila Santa Isabel" e é um lugar relativamente "precário". Existem MUITOS estudantes morando lá por ser próximo do Vale e ter relativamente "tudo que se precisa".

Há alguns dias andei caminhando lá na Vila porque imaginei que o lugar ideal poderia ser uma igreja. Infelizmente me frustrei porque encontrei igrejas sem 'expediente' e eu teria que ficar até de noite pra poder quem sabe conversar com alguém no horário do culto. Além disso, tinha a questão "doutrinária": as igrejas que tinham lá (que eu encontrei) eram daquelas "de fogo" que as irmãs não se depilam nem cortam o cabelo e que o culto (provavelmente) é uma gritassaiada. Se eu fosse dar aula de música lá tenho medo que pudesse haver alguma repressão a forma como eu me visto ou como qualquer aluno pudesse vir a se vestir (ou pensar - é proibido nesses lugares -... desculpa não devia ter dito isso :X).

Enfim, eu já tinha avistado (num dos meus passeios pela vila) aquilo que se autodenominava (no letreiro) um "lar de crianças". Como eu não sabia o que era, pensei que fosse privado, talvez uma creche ou sei lá. Esse lugar era bem na entrada da vila e me pouparia horrores de esforços "de logistica" (só eu caminhando daqui pra lá de lá pra cá é complicado xD).

Hoje fui nesse lugar. Conversei com a diretora e ela pareceu "maravilhada" (falo assim porque quando eu falei em música ela disse que o sonho da escola era ter uma banda) com a idéia. Eu não sei se vou alcançar as espectativas (tanto dela quanto minha ou de qualquer outra pessoa envolvida), mas eu quero tentar. Acho que dá tempo e vai ser interessante.

Quinta feira eu vou lá conversar direitinho com ela e com as outras pessoas da escola que provavelmente devam estar envolvidas na definição do "cronograma" da escola. Eu tenho que organizar as minhas idéias pra apresentar lá e tenho que organizar minhas perguntas - porque eu não conheço a escola, os alunos, as condições, etc. Já pesquisei os preços das flautas doces, agora só falta definir tudo e começar. Já postei uma vez a minha visão sobre o que é "começar".

Agora mudando um pouco de assunto, quero falar dA Banda.

A Banda é a Banda Mensageiros de Cristo, que é Banda, é Orquestra, é Banda Sinfônica, Filarmônica... cada lugar que agente vai recebe uma denominação diferente, mas a que eu mais prefiro é simplesmente "A Banda".

A Banda é a coisa mais legal do envolvimento com o departamento de Música. Agente toca em vários lugares, em diversas formas, desfila, toca sentadinho, toca em lugares espaçosos e apertados, é aleatório. E com isso tudo agente conhece pessoas e lugares diferentes. Não que os outros grupos não façam isso, mas com A Banda as músicas são mais legais :P

Esse fim de semana nossa banda foi tocar na vila Bom Jesus, por convite de um irmão. Esse irmão (o Marcos) nos convidou porque conheceu o Alex e o Alex convidou ele pra tocar com a gente. Ele toca trombone, bombardino e tuba. Ele veio, gostou e participou de várias funções já. E com todo esse envolvimento acabou convidando agente pra ir lá. Quando agente chegou lá, se agregaram mais dois: uma clarinetista que conhece a Abilene porque faz aula na extensão da UFRGS com ela; e o irmão do Marcos, que também toca trombone.

Todo esse envolvimento com A Banda é, pra mim, um reflexo do que deveria acontecer com a Igreja inteira. As vezes na nossa igreja não temos todo esse entrosamento que deveriamos ter como irmãos uns com os outros. Em vez disso somos arrogantes ou simplesmente não gostamos desse ou daquele irmão por causa de alguma coisa que agente se lembra que ele fez.


Na Banda não temos isso. Ou, se temos, é infinitamente menor. A Banda não é só um conjunto de pessoas da nossa igreja. Ela estrapola distancias a medida que já veio gente de "lugares longínquos" pra participar conosco. Ela excede denominações a medida que pessoas que, por preconceitos burocratico-religiosos, não poderiam participar conosco na igreja, se enfiam no nosso meio e são acolhidas de bom grado, como irmãos, sem distinção.

É essa a minha idealização quando estou dando aula: a de que os alunos vão fazer parte de uma Banda assim =D

[Pena que esse texto não está traduzido: http://en.wikipedia.org/wiki/El_Sistema é o artiguo da wiki sobre o programa de música em bairros pobres na Venezuela. Vale a pena procurar pelo filme deles. Se chama "Tocar y Luchar".]

Paztejamos

24.9.10

Propagandas eleitorais muito suspeitas

Eu falei anteriormente sobre progagandas vexamosas de certos políticos, querendo aparentemente passar a imagem de "fofinhos" e "bonitinhos". Mas isso aqui já é o cúmulo:



Com o devido respeito, mas um político usando logotipo de coração e ainda mais expressando-se nesses termos, beira a coisa de viado. Pronto, falei.

OMG, deu a louca nos crentes

O texto abaixo foi extraído na íntegra como eu vi pelo orkut:

"MICHEL TEMER! ISSO TE LEMBRA ALGO? É ELE
MESMO O PAI DE DANIEL MASTRAL O GRANDE CABEÇA DOS SATANISTAS...
INFORMAÇÕES DIVULGARAM QUE A PRESIDENTE SERÁ ELEITA, NÃO TEM JEITO,
PORÉM VC COM CONHECIMENTO E SABEDORIA, FILHO DE DEUS, NÃO VOTE NELA, OS
SATANISTAS JÁ PREPEARAM TUDO... A PRESIDENTE POSSUI UM CÂNCER ADORMECIDO
E DENTRO DO ANO DO SEU LEGADO O DIABO A FERIRÁ E ELA FICARÁ
TERRIVELMENTE DOENTE, TALVEZ, VINDO ATÉ A FALECER E, QUEM ASSUMIRÁ O
PODER? O VICE MICHEL TEMER.... FIQUE LIGADO! A INTENSÃO DO DIABO É
DOMINAR TODO TERRITÓRIO BRASILEIRO LIBERANDO POTESTADES E PRINCIPADOS NO
AR,TERRA E MAR. É HORA DE NOS LEVANTARMOS COMO FILHOS DE DEUS. CUIDADO
COM O SEU VOTO, NÃO O JOGUE NAS MÃOS DE UM INSTRUMENTO DO NOSSO
ADVERSARIO. Dilma aprovará leis que prejudicarão a pregação da Palavra
de Deus, como: Fica proibido fazer: · Cultos ou evangelismo na rua
(Reforma Constitucional) · Programas evangélicos na televisão por mais
de uma hora por dia. · Programa de rádio ou televisão, quem não possuir
faculdade de 'jornalismo'. · Pregar sobre dízimos e ofertas, havendo
reclamações, obreiros serão presos. Quanto aos cultos: · Cultos somente
com portas fechadas (Reforma Constitucional) · As igrejas serão
obrigadas a pagarem impostos sobre dízimos, ofertas e contribuições. ·
Será considerado crime pregar sobre espiritismo, feitiçaria e idolatria,
e também veicular mensagem no rádio, televisão, jornais e internet,
sobre essas práticas contrárias a Palavra de Deus. · Pastores que forem
presos por pregar sobre práticas condenadas pela Bíblia Sagrada
(homossexualismo, idolatria e espiritismo), não terão direito de se
defender por meio de ação judicial. Se estabeleça: · O dia do “Orgulho
Gay” e que seja oficializado em todas as cidades brasileiras e
comemorado nas Instituições de Ensino Fundamental (primeira a 8ª série),
público e particular. · Que as Igrejas que se negarem a realização das
solenidades dos casamentos de homem com homem e de mulher com mulher,
estarão fazendo “discriminação”, seja multadas e seus pastores
processados criminalmente por descriminação e desobediência civil.
REPASSE ISSO! É UM ALERTA QUE TODOS PRECISAM SABER."


OMG! Que isso?!?! e tem muito crente que acredita nessa história. Algum pró-Serra inventou um monte de absurdos contra a Dilma e ainda se prestam a divulgar. Eu que sou marineiro não aceito que esse tipo de difamação exista! E não aceito que tenha crente que acredite nisso! xD


Um texto semelhante virou pérola no GTO: http://www.tolicesdoorkut.com/2010/09/dilmafactsbyfolha.html


Paztejamos

23.9.10

Apócrifo: Carta de Pseudo-Simão aos dalém de Tarsis

Saudação

Pseudo-Simão, apóstolo por parte daquele que foi,que é e que virá, aos jovens irmãos, conhecidos pelo nome "evangélicos", das partes longínquas dalém de Tarsis, e provavelmente também em tempos longínquos: graça e paz vos sejam multiplicadas.


A motivação da carta; A visão

Estando eu aqui, em nossa sinagoga, deliciando-me com meus rolos da Lei e dos Profetas, fui acometido de uma visão, e foi me dito que esta se dirigia a tempos futuros e a terras longínquas, dalém de Tarsis (nunca pensei que havia lugar depois de Társis. A gente pensava que aí era o fim do mundo, já que os navios do rei Salomão foram só até aí, mas fica pra depois.). A visão consistia de vocês, irmãos nossos, em três situações. Aterrorizei-me com o que vi, e então resolvi escrever-vos esta epístola.

A primeira visão

A primeira visão que tive consistiu de um grupo de jovens, em sua reunião de culto. Não vou comentar as roupas e aparelhos estranhos que vi – já que pertencem a outra época e nação – porém estranhei o que faziam: com mãos levantadas, choravam descontroladamente. O principal deles, que parecia dirigir os serviços (na verdade, nem sei se havia isso, dada a falta de ordem) discursava-lhes, dizendo coisas como “ Quem sabe você tem um problema, e veio aqui resolvê-lo. Não pare de buscar e de clamar! Não saia igual a que você entrou!” “Receba a benção que você está buscando”!

Meus irmãos, acaso sois vocês que estão fazendo isso? Não os reconheci como seguidores de nosso Senhor, a não ser pelo fato de gritarem pelo seu santo nome diversas vezes, tal como o mágico pela sua palavra mágica, a fim de desempenhar seu encantamento. Ou não sabeis que assim fazem os pagãos? Que pensam que de tanto clamarem a seus deuses, de tanto usarem de suas vãs repetições, seriam ouvidos?

Amados, será que se esqueceram das palavras de nosso Senhor?

Pois vocês estão lá para o exercício da piedade e dos dons, e não para receberem coisas e benefícios. Se o quiserem, orem em vosso quarto em secreto, que vosso Pai vos recompensará em público.
E quanto a ordem, Paulo escreveu algo sobre isso em sua carta aos coríntios. Acho que fariam bem se a lessem.


A segunda visão

A segunda visão que tive foi de um grupo de músicos, e de um grupo de pessoas semelhantes os cercando, chorando e gritando o nome deles. Não comentarei os instrumentos e a aparência deles – coisas de uma nação e de um tempo longínquo – entretanto, não pude deixar-me de perturbar pela maneira que os vi, a festejar aqueles músicos.

Meus irmãos, acaso sois vocês que estão fazendo isso? Está o nosso Senhor dividido? Acaso foram estes músicos crucificados por vocês? Ou sois batizados nos nomes desses músicos? Eu sei que Paulo disse algo semelhante, mas vou precisar dizer isso, já que essa geração parece não levar a sérios seus escritos.

Amados, será que se esqueceram das palavras de nosso Senhor?

Não podeis servir a dois senhores. E isso não vale só para o Dinheiro, como também para esses músicos, que não sei a razão, encantam a vocês tanto. Percebi que alguns de vocês os defendiam como legítimos portadores da verdade de nosso Senhor, mas os advirto de uma coisa (acho que Paulo falou também , mas ...): se mesmo um anjo celestial vos trazer uma Boa Nova diferente dessa que vocês receberam, seja maldição! E eis que não vi muita coisa da Boa Nova nesses músicos por vocês reverenciados. O mesmo vale para os vossos mestres, caso se enquadrarem aqui.

A terceira visão

A terceira visão que tive foi, penso, a mais aterradora: vi pequenos grupos de jovens, bem vestidos (segundo, claro, o costume de vossa nação e de vosso tempo), a conversarem de futilidades, e não dando atenção, ou mesmo evitando, a outros irmãos, que não se pareciam com eles, por serem mais simples ou menos famosos. E vi mais: vi os mesmos dessas facções gritando e chorando em vossa estranha reunião, e sendo louvados como bons guardadores na fé.

Sois alguns de vocês que fazem isso? Tiago, o principal da comunidade de Jerusalém, falou dum caso semelhante entre nós, em que recebiam o rico para a refeição, e ao pobre deixava-lhe de qualquer jeito. Cuidado, porque isso é acepção de pessoas! E saibais que o Eterno escolheu aos desprezados desse mundo para o seu Reino, e vocês estão a eles se opondo!

Amados, será que se esqueceram das palavras de nosso Senhor?

Bem aventurados os pobres de espírito, por que deles é o Reino dos Céus. E não de vós, que sabem cantar essas músicas estranhas e que gostam de freqüentar festas e grandes eventos, e anunciar vossa presença a todos os do Orkut (deve ser um desses decendentes de Ismael).


Exortação e saudação finais


Amados, não sejais conhecidos de todos por vossas reuniões, ou por vossos rituais exteriores, ou por vossas posses. Antes, sejais reconhecidos pelo exercício do amor e da justiça. Não sejais como os sete filhos de Ceva, que julgaram ser o nome de nosso Senhor um amuleto para seus fins pessoais. Antes, sejais como nós (Paulo, João e Tiago estão incluídos), que seguimos ao Messias.

Graça e Paz a todos vocês. Amém.

20.9.10

Repercussão sobre o Aborto

Meu tio congrega na Igreja Universal. Hoje ele veio almoçar aqui em casa e eu perguntei pra ele em quem ele votaria. Ele disse que votaria nos candidatos da igreja dele. Imediatamente eu perguntei se esses membros defendiam o aborto, já que o bispo Edir Macedo defende. Ele disse que não, que o Edir Macedo não defende, que crente não é a favor do aborto.

Mostrei o vídeo do Edir Macedo (abaixo) defendendo o aborto e imediatamente ele se tornou a favor do aborto. IMEDIATAMENTE! INCRIVEL! Mudou de opinião de uma hora pra outra.



Como esse vídeo do Edir Macedo repercutiu na internet o Hermes Fernandes acabou respondendo:



Isso me lembra o segundo post desse blog (quando ele era infinitamente menos visitado que agora xD), quando eu falei a minha opinião e postei os vídeo do Malafaia comentando o assunto:

http://proibidaentrada.blogspot.com/2009/03/aborto.html

Enfim. Aparentemente minha produção blogueiristica aumenta com a proximidade das provas ¬¬¬¬¬¬¬ (eu juro que deveria estar estudando :P)

Paztejamos

19.9.10

Sindrome de Pasquale

Em dois comentários de posts desse blog vi pessoas corrigindo o meu "Braziu" falando que é com S.
Muuuuuuuuuuuuuuuuito obrigado!

Será que a minha irônia é de tão péssima qualidade que as pessoas não se dão conta de que o Brasil com "Z" faz parte dela.
Se pararem para reparar vão ver que todos os textos onde o Brasil aparece com "Z" são críticas a algo que acontece aqui.
Devo escrever muito mal mesmo.
Sai das letras para não ter um espírito tão pobre a ponto de passar a minha vida inteira falando para alguem: Não é com "Z" e com "S".
Para entender melhor o Português a pessoa tem que saber Latim e Grego para explicar tantas regras imbecis e cheias de exeções.
E a reforma ortográfica? Se como é que do nada cai uma regra ? Me responde ,prof Pasquale.

Imagina a cena ( exemplo aleatório):
Professora - Assembleia tem acento, porque é uma paroxítona terminada em  ditongo aberto.
Alunos - Aff WHAT HELL IS THIS.
Professora - Alunos,agora Assembleia não tem mais acento! Caiu na nova reforma ortográfica
Alunos - Como assim? Não era importante?

Na minha humilde opinião deviam ser acentuadas as palavras que podem ser confundidas com outras.Isso quando o contexto não deixar claro de qual das duas se trata.

Uma pessoa não vai ser um ótimo motorista por aprender o nome das peças do carro e o local delas.Vai aprender dirigindo!

Essa frase é de um livro chamado "Preconceito Lingüístico"
Todos os que sofrem de sindrome de professor Pasquale deveriam ler para ver a maldade que a língua Portuguesa faz com o povo.
Ainda bem que lemos esse livro no primeiro semestre de Letras para evitar a criação de novos professores Pasquale.

Cronograma Preliminar para Grupo de Doação de Sangue

Esse é o provável cronograma do dia de doação de sangue, seguindo os critérios do post anterior (relacionado ao grupo). Eu não sei se nenhum desses dias é feriado, mas caso seja é só ir na semana seguinte. Agora não tem como se perder, então divulga ae tchêê xD (to tri Farroupilha com a proximidade do dia 20 :P)

dia do mes    dia da semana
15/10/2010    sexta 17h
20/11/2010    sábado 9h
17/12/2010    sexta 17h*
22/01/2011    sábado 9h
25/02/2011    sexta 17h
26/03/2011    sábado 9h
29/04/2011    sexta 17h
04/06/2011    sábado 9h
01/07/2011    sexta 17h
06/08/2011    sábado 9h
09/09/2011    sexta 17h
15/10/2011    sábado 9h
11/11/2011    sexta 17h
17/12/2011    sábado 9h

Caso vá doar em algum dia fora do cronograma me avise mesmo assim =D pelo menos eu sei que tem mais gente interessada no grupo (o que também me dá um apoio moral xD).

Dia 17.12.2010 é o único que eu acho que vou ter que trocar porque é o dia do Recital de Formatura da Escola de Música de que eu faço parte. Então talvez agente tenha que trocar. Mas isso agente vê no futuro =D

Paztejamos

Eu também quero uma Homenagem

Ouquei, é assim: há algum tempo estou acompanhando o site da Câmara de Guaíba como dá pra ver pelas minhas últimas postagens.

Pois bem, essas eleições não vão mudar a política em nível municipal, por isso não adianta dizer que é melhor pensar nos candidatos na hora de votar... mas... eu conclui que os nossos vereadores fazem um trabalho de suma importância na câmara: não, não é legislar, é HOMENAGEAR.

É impressionante: se tu entrar no site da câmara agora e prestar atenção nas notícias destaque, 3 das 4 que tem lá são "Câmara homenageia X".

Sinceramente,não tem nada de mais útil pra fazer em vez de homenagear? Eles homenagearam o SICREDI, a ULBRA, as entidades tradicionalistas - do 20 de setembro-, e naquilo que eles chamam de "agenda" (que eu preferiria chamar de "Coluna Social") já está marcado para os dias 20 e 21 de outubro homenagens para o PROJARI, para o Dimensão e para o Moura e Cunha. Lembrando que as homenagens são a unica coisa que toma a agenda do legislativo (pelo menos publicada no site): não consta MAIS NENHUMA OUTRA ATIVIDADE lá.

Fica claro aqui que esses são OS DESTAQUES DELES! O destaque do site não é uma lei que foi aprovada, um projeto polêmico em discussão ou uma obra pública que foi concluida. Os destaques são FESTA e PUXASAQUISMO. Sinceramente ¬¬

E eu fico aqui me perguntando: Será que esse pessoal ta merecendo o salário de R$ 4.316,52 (divulgado pelo site da Câmara mesmo)?

Se não tem nada de ilegal lá no meio (coisa que eu to 'chuleando' pra ver se encontro) pelo menos tem algo de estranho com o comportamento deles.

(o site : http://www.camaraguaiba.rs.gov.br/portal/? )

Paztejamos

18.9.10

Resumo sobre a Política vinculada ao Cristianismo

O pastor Paschoal Piragine Jr, pastor presidente da Primeira Igreja Batista de Curitiba, se manifestou publicamente em sua igreja atacando o PT e dizendo claramente e abertamente para não votarmos nesse partido. Eis o vídeo:



O tal vídeo deu uma repercussão enorme porque além dele dizer NO PÚLPITO DA IGREJA sobre candidatos em quem não votar (coisa que eu acho horrível), ele cita o PNDH3 e as diretrizes do PT.


16.9.10

Doação de Sangue

Ligerinho porque tenho provas:

A última ida do grupo de doação de sangue foi dia 11.09 e não levou ninguém. Eu fiz como o combinado - e como postado aqui - mas ninguém apareceu. Apesar disso algumas pessoas disseram que iriam durante a semana e eu conto com isso. Até agora ninguém me disse "ó fui doar dia tal pelo grupo", mas imagino que esses alguns ainda  vão dizer.

Próxima ida vai ser sexta  feira dia 15 de outubro (não é feriado neh?). Espero os solidários lá =D

Paztejam

14.9.10

Estamos de Olho em Guaíba

A vereadora Paula Parolli (citada neste link), presidenta do legislativo de Guaíba, foi "a público" se manifestar sobre aquela história de irregularidades em cursos em cidades turísticas.

Veja a reportagem aqui: http://www.camaraguaiba.rs.gov.br/portal/?sec=__pag&id=600

Esse é o site da Câmara de Guaíba que, pelo visto, só eu acesso xD

Lembram que eu comentei neste link sobre a falta dos contratos e processos administrativos? Mandei o seguinte email para a Câmara:

Gostaria de receber por email (e que fosse colocado no site da câmara) todos os contratos e extratos e processos administrativos.

Gostaria também de sugerir que fosse explicitado nas sumulas do contrato o valor pago em dinheiro, e não uma expressão que remete a outro documento (principalmente se esse documento não estiver disponível online).

Grato desde já, obrigado.
Ao que me responderam o seguinte (aparentemente resposta pronta):

Olá, Jean!

Agradecemos seu contato através do site da Câmara e informamos que suas sugestões serão encaminhadas à Mesa Diretora.
 
Respondi o seguinte:

Ta certo, aceito que tenham "agradecido meu contato". Mas mesmo assim não me mandaram os contratos que eu pedi. Eu sei que eu tenho o direito de ver esses contratos e eles não estão no site da Câmara. Eu já ia reclamar que não recebia resposta de vocês. Um "portal da transparência" que se preze tem que fornecer todas as informações de concessões, contratos e etc. Se não não é transparência.

Por favor, peço de novo as informações que encaminhei no primeiro email. Não quero esperar tanto dessa vez. Obrigado.

Jean
Acho que estou mexendo num vespeiro e quero ver onde isso vai dar. Será que os valores pagos pela Câmara nos contratos com empresas é o valor de mercado?? Só vou descobrir depois de conseguir esses contratos (o que pelo visto não vai ser tão facil). O pior é que eles fecharam contrato de novo em julho (e colocaram nova sumula do contrato - sem o valor pago - dia 01/09).

Além disso, estão querendo reformar o prédio da Câmara. Olha o vídeo:



Até aí tudo bem, mas com esse projeto todo bonitinho aí eu quero saber o orçamento. Se ninguém ficar no pé não vou me admirar se fizerem uma lambança com dinheiro público. É preciso fiscalizar. Eu quero ver postarem o orçamento no tal portal da transparência... vamos ver se é transparente de verdade.

Enfim, acho que é isso, paztejamos

Concurso público

Sábado e Domingo tive o gran prazer de ser fiscal em um concurso público.

5 horas de prova! Ainda bem que ganhei um pastel que tinha umas 6 azeitonas dentro e que tinha sido esquentado de mais no microondas a ponto de ficar deformado,mas é melhor do que nada,é dado né- de cavalo dado não se olha os dentes -

5 horas de prova e teve gente com a cara de pau de entregar a prova no último minuto. Uma pessoa que faz isso, na minha opinião, devia ser eliminada do concurso. Os candidatos deviam receber pontos pela hora de entrega da prova. Não to viajando. Analise: a primeira tarefa que a pessoa recebe é resolver uma prova objetiva de 9 folhas e criar um texto dissertativo em 5 horas (pessoa de nível superior ) e ela já deixa a desejar nisso; entregando uma redação porca finalizada nos últimos minutos. Que raio de funcionário essa pessoa vai ser? No vestibular da UFRGS tem um dia em que são 3 provas em 4 horas com 10 folhas para cada matéria e a gente tem que tirar água da pedra.



O Braziu é cheio de absurdos. Da onde que uma prova avalia alguém? Eu (Hellena) já vi 2 vezes o tiuzinhu do correio do Vale xingando funcionários públicos porque não sabem que se coloca o destinatário na frente e o remetente na parte de trás do envelope. Eu sou bolsista na UFRGS e tudo o que se fala de funcionário público não é lenda urbana; é real!Como diz I juca pirama:"meninos eu vi!".

Estava cheio de advogados lá, era para vários níveis superiores, mas a maioria era advogado. Ai claro como são uma raça triste eles tem que apresentar a carteira do OAB em vez da identidade só pelo prazer de dar um carteiraço (Parabéns sua mãe deve estar orgulhosa)!,pois eu não entregaria um processo meu na mão de uma advogado que termina sua redação nos 5 últimos minutos de um prazo.



Outra coisa chata nos concursos é que as pessoas não podem usar relógio,tem que tirar o rótulo da garrafa,tirar as chaves do bolso,usar caneta transparente...enfim o escambau.Vai chegaro dia em que para fazer uma prova de concurso ou vestibular os candidatos vão ter que tirar toda a roupa e colocar um jaleco(tipo quando se faz um exame de raio x).



Todo mundo quer ser funcionário público para não trabalhar e ganhar muito dinheiro.Nem condeno isso,porque se me perguntarem se eu quero fazer menos ganhando o máximo possível para a situação é óbvio que qualquer pessoa dirá que sim. Quem falar que não quer ganhar o máximo possível é doente e tem que se tratar ou atingiu o nirvana. Dúvido que exista alguém no mundo que se sinta ofendido ou envergonhado se parar para pensar e concluir que ganha mais do que o seu trabalho vale.

Olha o meu caso, eu ganho para não fazer quase nada, porque acima de mim há um funcionário público que já ganha de mais pelo pouco que faz e resolveu diminuir ainda mais o que faz pedindo um bolsista.

Para a Ufrgs é negócio ter bolsista, pois no lugar de dois funcionários ganhando 2 mil cada um ela pode ter um funcionário ganhando 2 mil e um bolsista ganhando 400 pila. O resultado disso é: duas pessoas que não fazem quase nada,pessoas que não são atendidas,dinheiro público gasto e a separação entre alunos braçais e mentais. Os mentais ganham dinheiro para "ajudar"os professores e fazer pesquisa e os braçais substituem os funcionários a preços módicos não aprendendo nada de sua área nos servicinhos administrativos mediocres que prestam a universiadade.

13.9.10

Sobre Cães e Porcos no Reino dos Céus

É muito interessante de se observar, como pensado por um professor meu, a relação indivíduo-sociedade, e por meio dela entender o mundo. Sem querer entrar no mérito de quem gera quem, ou o que gera o que - caso semelhante ao do ovo e da galinha - o fato é que aparentemente a sociedade produzirá o indivíduo conforme seus parâmetros e suas aspirações, de modo a não só perpetuá-la, mas também a lhe render os devidos avanços (convenientes). Assim sendo, encontraremos nas cidades-Estado da Grécia antiga o cidadão, o indivíduo de formação exigente que se encaixará naquela sociedade. Na Cristandade Medieval, os camponeses, os clérigos e os nobres guerreiros, cada qual com o seu papel a desenpenhar naquela sociedade. E no Brasil, a julgar pela cultura popular divulgada e orquestrada pela grande Mídia, o "tigrão", a "cachorra", cada qual no seu respectivo quadrado,vez por outra reunidos num "bonde". Que sociedade se constrói com isso? No máximo, uma festa em algum Apê...

Achei apropriado usar essa análise para tentar decifrar algo que já me incomoda a tempos, digamos, uns três ou quatro retiros de carnaval. Talvez o leitor já deva ter ouvido os termos-chave "cão" e "porco", como modelos de funcionário ideal de uma companhia. Eu os ouvi, mas não nesse sentido. Os ouvi como modelos de membros de uma igreja ou departamento de igreja. Somente recentemente fui descobrir, para a minha surpresa (ou não) o sentido originalmente empresarial. Logo, ao se utilizar a mesma linguagem na empresa e na igreja,é de se pensar: a igreja é uma empresa? Ou seria a empresa um tipo de igreja?

Para se entender um pouco melhor o que estou querendo dizer, transcreverei os sentidos atribuídos as figuras destes dois animais.

O cão simbolizaria o funcionário comprometido com a empresa, que a defende com unhas e dentes, que apenas produz e sob hipótese alguma, não a questiona, assim como um bom cachorro deve fazer com o seu dono. Como o cachorro, deve lamber o seu dono apesar das pauladas que recebe, e deve defendê-lo de qualquer ameaça. Parece se tratar de um pastor alemão, não dum vira-lata como o guardião do palácio deste basileu que escreve este texto, mas isso não vem ao caso. Em contrapartida, temos o gato, preguiçoso, conveniente e esperto demais (isso mesmo), um exemplo de como o funcionário não deve ser.

O porco simbolizaria o funcionário disposto a dar o próprio "couro" pela companhia em que trabalha. Assim como o porco, que deve morrer dando a sua carne para o consumo alimentício, tal funcionário deve estar comprometido com sua empresa. Comprometido, e não meramente envolvido, como a contraparte do porco, a saber, a galinha, que contribui somente com o seu ovo, ou seja, com o que não lhe é dispendioso. Muito embora ache eu que o ovo da galinha é uma contribuição muito superior à carne prejudicial do porco, mas isso também não importa.

Bem, então, como isso se aplicaria à igreja? Muito simples: apenas substitua as palavras "funcionário" e "empresa/companhia" por "membro" e "igreja/departamento/obra", respectivamente. Pronto. Estamos diante do indivíduo ideal para a igreja hodierna: um funcionário, não-questionador e apenas cumpridor de tarefas determinadas pela sua instituição, pela qual irá lutar e defender com disposição semelhante a de um patriota pela sua pátria.

Assim, é de se entender melhor o que vem ocorrendo nas igrejas. Dessa sua divisão engessada e taylorista que são os departamentos, a Obra. De como o ambiente que deveria ser familiar, místico e sagrado, torna-se profissional, utilitário e profano.

Numa igreja assim, os heróis serão aqueles que melhor encarnarem o ideal moderno de produção. Emergem os ultra-pregadores e tele-evangelistas, que com os sistemas por eles encabeçados deverão ganhar milhares de "almas"(números) para "Cristo"(instituição). Emergem os cantores gospel, que com seu talento musical(duvidoso) e imagem, aparecerão no Domingão do Faustão e no Programa Raul Gil divulgando o "evangelho"(outra vez, instituição).

Em contrapartida,os profetas - os verdadeiros, não os advinhos - os filósofos, os astistas reais - ou seja, não-gospel - , os Estadistas, nenhum deles será bem vindo, devido ao seu péssimo hábito de pensar e questionar. Serão tidos como não-produtivos e logo censurados. Como se vê, nesse insano sistema utilitarista, o nível de produção é o árbitro de tudo.

Não é de se admirar as inúmeras vezes que o leitor provavelmente já ouviu os nomes de Morris Celuro, Rick Waren, Marco Feliciano e Aline Barros. De mesma forma, não é de se estranhar a aparente estranheza como que o leitor encarará os nomes León Tolstói, Dietrich Bonhoeffer, Ricardo Gondim e João Alexandre.

Então, voltamos ao nosso ponto de partida: seria a igreja uma empresa? Ou seria a empresa um tipo de igreja? E aqui está o elemento aterrador disso tudo. Nesse sistema, aos poucos, perde-se a distinção dessas duas. O preço do formato empresarial na igreja é - e parece que poucos se dão conta - caríssimo, como quase tudo no mercado. Ao ouvir que devemos ser como cães e porcos, vêm ao meu pensamento um dito de Cristo:

"Não deis aos cães as coisas santas, nem deiteis aos porcos as vossas pérolas, não aconteça que as pisem com os pés e, voltando-se, vos despedaçem." (Mateus 7.6)

Isso explica a nossa desacralização, a ponto de nos confundir a uma instituição como é uma empresa. Tornamo-nos em cães e porcos. E aprentemente esse é o tipo de indivíduo que querem as igrejas.

12.9.10

Não à Sistematização da Bíblia

Quem é o "homem segundo o coração de Deus"? Davi.

Quais são os "frutos do Espírito"? amor, alegria, paz, paciência, bondade, benevolência, fé, mansidão, e temperança.

As respostas a essas perguntas parecem definir um tipo de legalismo que eu considero mais "erudito" que o comum. É comum ver pessoas refutando a idéia de perdoar específicamente 70x7 dizendo "Jesus queria dizer era que perdoasse sempre" ou refutando a idéia de que Jesus estava ordenando automutilação durante o Sermão da Montanha dizendo que o que ele queria era que se controlasse para não pecar, fazendo a análise de que seria ridículo ele estar sugerindo absurdos assim de fato.

Mas quando os assuntos são mais "sofisticados" - falam sobre "lei", "santificação", "justificação", "escatologia" e bla bla - é bem comum usarem uma ou duas frases para definirem um conceito e depois definirem sistematicamente regras e interações a esses conceitos através de frases soltas de cartas ou livros.

Exemplo disso é a definição de Davi. Samuel foi na casa de Jessé atrás dum filho dele que seria rei. Ele olhou todos os filhos de Jessé e Deus não se agradou de nenhum - ao contrário dele. Quando Davi chegou Deus disse "achei o guri", só que usou uma expressão bunitinha pra dizer isso... e a partir daí todo mundo me sai com essa de que "Davi era o homem segundo o coração de Deus". Me poupe... eu também sou segundo o coração de Deus. Aliás acho que qualquer um que queira fazer a vontade de Deus está de alguma forma se colocando "segundo o coração de Deus". Davi era um homem assim como todos os personagens bíblicos - e a Bíblia faz questão de deixar isso bem claro mostrando os erros de cada um.

Mesma coisa essa história de "frutos do Espírito". Paulo vem despretensiosamente dizendo que o Espírito opera coisas boas nas pessoas e aí os "eruditos da Bíblia" me saem com essa história de que os dons do Espírito estão estritamente definidos como aqueles 7 ou 8 que Paulo citou. Ah ouquei, o Espírito não pode operar em mim e me dar "esperança", por exemplo? ou quem sabe "insatisfação" com alguma coisa pra transformar a realidade em que eu estou? Aaaah nããão, o Espírito Santo está limitado à carta de Paulo: o que ele não disse não conta. É pa pum, ta ali é do Espírito... "o resto é de procedência do maligno" :P Me poupe.

Esses são só dois exemplos dos inúmeros que os "intelectuais da Bíblia" gostam muito de dizer. Eles sistematizam a Bíblia em inúmeros assuntos de dois, três ou cinco tópicos que correm de Isaias a Coríntios passando por Mateus e fazendo uma visita em Timóteo, mas que tem um costume em comum: definir interações entre os textos como se eles tivessem sido escritos propositadamente para aquelas interações.

Não estou dizendo que não hajam conexões entre os textos Bíblicos. É claro que existe. O que não existe é pegar palavras ou frases "de efeito" (a estilo "Deus proverá", que não tem nada a ver com o contexto) e conectar para tirar uma "decodificação secreta" em forma de mensagem de pregação.

Essa história toda me lembra o vídeo do Obama que diz coisas incrivelmente verdadeiras quando critica (não de maneira infame) as religiões nos Estados Unidos. A parte que eu mais gosto é da de Abraão e Isaque. Me lembro que quando ele discursou isso eu li vários comentários de cristãos fundamentalistas desaprovando-o. Até "critiquei" um deles aqui no blog.

Ó o vídeo:



Paztejamos

Velha Social

Um blog que eu sigo - chamado "Crentassos" - postou sobre uma rede social que tem por objetivo agrupar doadores e necessitados de doações de sangue pra que haja integração e consequentemente se estimule a doação. Tinha um vídeo do olhar digital, achei até interessante... me inscrevi.

Conclusão: a rede é legalzinha, passa um ambiente bem "amigavel", e até que dava pra fazer alguma coisa se não fosse... se não fosse... que não vai colar.

Uma coisa dessas daria super certo se fosse no orkut ou no facebook. Quer dizer, o pessoal da google e etc estimular as pessoas a doarem sangue e bla bla.

Criar uma rede social assim tem um ar muito "missão impossivel". Significa imaginar que milhares de pessoas vão se inscrever em mais uma rede social (não basta ter tuiter, feicibuk, orcut e o diabo :P) só pra serem voluntárias e doarem sangue. Acho que no fim vai ter um pessoalzinho super idealista lá e deu. Não vai dar muito mais que isso.

Mas caso eu esteja enganado, estou lá. Vou ver se visito meu perfil uma vez por mes ou qualquer coisa, pelo menos até aparecer um pessoal de Porto Alegre e arredores (procurei e achei só DUAS pessoas). Por enquanto eu continuo na luta da vida real, tentando convencer amigos próximos a doar sangue =D

Caso alguém se interesse, só procurar por "Veia Social" no google. Acho que o endereço deles é "veiasocial.com", mas não arrisco :P

PAztejamos

11.9.10

Os hippies eram legais

Pode ser que não pareca quando as pessoas me veem ou escutam o que eu penso, mas eu curto um monte os hippies. O rock bem feito, clássico, que deu origem a quase tudo que se escuta e é popular nos dias de hoje (inclusive restart ¬¬); As roupas muito locas, extremamente coloridas com super contrastes e simbolos psicodélicos, saias e cabelos grandes, super floridos e combinados; a psicodélia de "faça o que quiser", pró paz e com um conceito bagunçado de felicidade que está mais pra "sinta prazer o tempo todo".

Eu até ja postei aqui alguns vídeos do "hair", um filme musical que fala da guerra do vietnã e de um bando de hippies. Eu posso até ser careta e discordar de vários preceitos "filosóficos" e até de algumas idéias que estão englobadas no conceito de "liberdade" deles, mas que o estereótipo é muito loco, disso não se tenha dúvidas.
AAAH o que eu não daria pra ter ido num show do Deep Purple. Os vídeos do California Jam, AAAHHHHH! =D muito loco xD

Uma pena o que tenham feito com essa coisa de "coloridos" nos dias de hoje. Esses fãs de emos com ares gays, essa música putiada, com uma voz de quem ta com caganera, putz! sinceramente, essa juventude ta perdida ¬¬

A exemplo do Linux com o Windows (me odeiem hackers xD), os Restart Cine e Cia são uns hippies mal feitos.

Olha isso ¬¬ Sinceramente, são um bando de playboy melacueca. Não acompanham aquele estilo trash que tinham cabelo encebado, roupas velhas e suadas, pouco ou nenhum dinheiro, etc.

Isso me lembra uma história que uma colega me contou:

Ela disse que foi numa reunião do PSOL e lá eles passaram um vídeo sobre as greves na Grécia e depois ficaram discutindo sobre isso. Mas a discussão não se formava em cima do tema da greve (ou seja, quando protestar e bla bla) e sim sobre o "estereótipo" da manifestação. Um lá chegou a comentar que com esse vídeo podemos "saber dá pra jogar uma bomba" ¬¬

Enfim, em vez de discutir sobre os motivos pra manifestação, sobre os nossos direitos e como podemos reinvindica-los (motivos da greve) discutiam sobre a estética da manifestação, como a manifestação é mais bunita ou "bem feita"... coisas que não vem ao caso.

É o que parece que se passa com essa gente do happy rock em geral. Olharam pra tras e combinaram um pouco de um monte de coisa, mas continuam mantendo o ar de playboyzinho porque obviamente não querem ser outra coisa. Não vivem pro estereótipo que criam, só estão no estereótipo por conveniencia. Se limitam a serem "mal feitos".

Sinceramente... sinceramente

¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬

Paztejamos

9.9.10

+ R$ 00,50 = 1 ovo


Ontem depois da aula saí com a minha amiga Samantha ( codinome ansiedade) para comer um Xis. No cardápio a surpresa: para ter um ovo no xis era preciso pagar mais 50 centavos (espanto!!!) mas como?
Desde quando eu consigo lembrar ( quando era criança) o xis sempre teve ovo. Quando foi que o ovo saiu de dentro do xis e ainda por cima agora cobra 50 centavos para entrar?
Daqui a pouco vão fracionar o xis. Vamos comprar os ingredientes:

- O senhor, me vê 20 gramas de ervilha ,10 gramas de milho,3 colheres de maionese,duas fatias de queijo,duas de pão,um bife de 15 gramas de carne,uma folhinha de alface para ficar no dente como prova de que eu comi e um ovo frito. Embrulha tudo isso em formato de XIS para eu levar para casa!

Estão descaracterizando a receita. Imagina comprar um estrogonofe e pagar mais 50 centavos pelo creme de leite.
Ovo faz parte da receita do XIS ele não é um termo acessório ou um enfeite.





Só mais uma notinha: Faz tempo que reflito sobre os trabalhadores braçais do ramo da alimentação. Já notaram que eles trabalham no automático,digo, pegam um pão e vão colocando tudo para dentro dele sem nem raciocinar. Ai quando vem alguém que não come algum dos ingredientes eles chegam a mudar a expressão do rosto por ter que ligar o cérebro para acatar uma nova ordem.
Ex speed da cidade baixa - o tio é tão mecânico que o cérebro dele entra em curto quando alguém pede para ele pular um dos ingrediente - o resultado é que ele ti dá um xis com o que tu pediu para que ele não colocasse ou ele tira mais coisas do que tu pediu pra tirar.

Curto esses trabalhos com o cérebro em modo economia de energia. Querem outro exemplo: a caixa de supermercado. Vocês acham que elas pensam em alguma coisa. Claro que não! A máquina diz quanto é o troco. Elas só ficam lá passando as comprar no leitor de código de barras. Cuidem a cara que elas vão fazer quando o leitor não ler o código de barras e elas se verem obrigadas a digitar o código. Uma cara de “iniciando o Windows” elas estão ligando o cérebro.

Darwin errou de novo. O robô tornar-se-ia um humano, pois agora os humanos são robôs.

Não sois máquinas! Homens é o que sois! (Charles Chaplin)


7.9.10

Jane McGonigal: Jogar pode fazer um mundo melhor | Video on TED.com

Meu irmão me falou sobre esse vídeo e agente assistiu arrecem. É extremamente interessante e eu posso concordar com parte significativa do vídeo com tranquilidade. Eu mesmo me sinto fruto desse tipo de incentivo joguístico para melhorar o mundo (minha visão do mundo é sempre super "vamos conseguir!").

Bom, aqui é o vídeo:

Jane McGonigal: Gaming can make a better world | Video on TED.com

Se alguém se sentir com preguiça de clicar no link do vídeo aqui está ele:



lembrando que dá pra botar legenda em portugues clicando em "subtitles".

Paztejamos

6.9.10

Considerações acerca do Grupo de Doação de Sangue

Nossa próxima ida ao Banco de Sangue da Santa Casa é agora, sábado, dia 11.09. Estarei no terminal do Guaíba as 9 horas para esperar quem queira ir =D

Essa idéia de criar um grupo de doadores de sangue nasceu (acho que já comentei antes) por causa do meu primo que, ao fazer 18 anos, foi correndo na Santa Casa doar sangue porque queria ser doador.

Ele mora na Barra do Ribeiro (cidade vizinha a Guaíba) e comentou que já convidou algumas pessoas lá para irem com ele doar sangue. Eu disse pra ele que seria bem legal se ele organizasse lá e agente 'unificasse' os 2 grupos.
_____________________________
Mudando de assunto, tenho um comentário a fazer que eu estava pensando e não havia me dado conta: nosso "dia de doação de sangue" não pode ser sempre na semana seguinte a Santa Ceia (como eu provavelmente comentei que gostaria que fosse para que eu pudesse 'propagandear' o grupo para o maior número de crentes :P).

Usarei um exemplo para explicar o porque (eu sei que esse porque tem acento, mas não uso de propósito :P):

Primeiro, para quem não sabe (ou não está habituado) a Santa Ceia acontece sempre no primeiro domingo de cada mês na minha igreja. Esse domingo, por exemplo, ela caiu dia 5 (ontem). Seguindo a lógica prenunciada o grupo deveria doar dia 11 (sábado seguinte à Ceia).

Mas no mes seguinte, outubro, conforme esse sistema, o grupo deveria ir dia 9. Mas o grupo foi dia 13 em agosto, portanto quem doou em agosto não poderia doar em outubro (isso sabendo que precisa-se esperar no mínimo dois meses após uma doação para doar de novo).

Por isso, proponho um novo sistema de definição do dia de doação que é bem intuitivo.

1- Alterna-se em sextas de tarde e sábados de manhã (se no mes 1 fomos sexta de tarde, no mes 2 vamos sábado de manhã);

2- Avança-se uma semana do mes a cada dois meses (vamos na primeira semana no mes 1 e 2, na segunda semana no mes 3 e 4 e assim por diante);

3- Pula-se um mês quando terminarmos o ciclo da quarta semana.

Assim, apesar de dificultar a divulgação do grupo, conseguimos seguir um sistema de definição de datas que não falha nunca (pelo menos até onde eu consegui perceber).
______________________________
Outro assunto: Algumas pessoas me comentaram que não poderiam ir doar sangue no mesmo dia do grupo por causa de eventuais compromissos. Sobre isso eu tenho um comentário pronto: vão, e doem no dia que for mais conveniente, mas me digam qual dia doaram para que eu possa tabelar, porque assim posso saber quem pode doar em cada dia de doação e, consequentemente, posso 'lembrar' a pessoa o dia que agente vai =D

Enfim, era isso. Paztejamos

Sobre as Igrejolas

Abriu uma "igrejola" perto da minha casa. Os cultos que se realizam lá, dos mais pentecostais, têm seu som propagadado por toda a área atravéz de um microfone ligado no máximo. É óbvio que incomoda todo mundo.

Bem, mas o que vem a ser uma igrejola? Eu tenho uma dedução para essas mini-instituições evangélicas, quase sempre radicais e pentecostais ao extremo: uma fusão entre o saudosismo pentecostal, o coronelismo tupiniquim típico e a fúria evangelical.

As Assembléias de Deus, que formam ao redor da Convenção Geral a maior igreja pentecostal do Brasil(da qual o eu sou membro), por muito tempo se manteve num regime fechado de costumes excêntricos (os famigerados "usos e costumes") e de cultos pentecostais dos mais extremados. Atualmente, as coisas estão mudando, embora haja não poucos focos de resistência dos pentecostais mais conservadores.

Mas essa mudança de paradigma, que felizmente já percebo onde congrego, tem deixado revoltados grandes grupos de pentecostais conservadores, que acabam por fim desvinculando-se da AD e formando sua própria instituição eclesiástica. Essa é uma das origens das igrejolas.

É interessante notar que tais mini-instituições eclesiásticas costumam ser um pequeno grupo de pessoas em torno de um ou mais líderes carismáticos. Sem os orgãos de uma instituição tradicional, eles se vêem livres para exercer uma verdadeira autoridade despótica, reclamando para si o título de "ungidos". É claro que não são só as igrejolas que apresentam isso, já que vemos essa característica até aqui dentro. Esse é o coronelismo, tendência comum no Brasil de autoridades despóticas e locais controlarem as coisas.

A fúria evangelical parece ser mais um igrediente nesse fenômeno. O Evangelicalismo está seguindo uma tendência iniciada no século XIX, mas que atualmente parece estar no ápice: a corrida pelo evangelismo. Métodos empresarias, que objetivam números mais do que qualquer outra coisa, têm assolado a estrutura das igrejas no Brasil. Evangelismo é fim em si mesmo, não importa o meio para tal, seja transmissões abusivas na TV aberta, seja alianças políticas, seja artistas gospel. E as igrejolas, em virtude disso, são vistas com bons olhos. São forças a mais no evangelismo, não importa suas características.

Mas que ninguém se engane: igrejolas significam grupos isolados de pessoas presas em costumes excêntricos e nas mãos de líderes despóticos. Eles dificilmente misturam-se com as outras pessoas, e possuem um linguajar poluído de religiosidade. Pergunto-me se isso vale o evangelismo. Pergunto-me, se deixar grupos de pessoas escravizadas é o preço para "ganhar almas" para Cristo. Pergunto-me se a existência de mini-instituições eclesiásticas francamente envolvidas na poluição sonora, e portanto na perturbação de uma sociedade, é um realmente ganho para o Reino do Eterno.

2.9.10

Religião e cidadania

Ed René Kivitz

Igreja não vota. Igreja não faz aliança política. Igreja não apoia candidato. Igreja não se envolve com política partidária. Há pelo menos cinco razões para este posicionamento.

Primeira: o Estado é laico. Igreja e Estado são instituições distintas e autônomas entre si. É inadmissível que, em nome da religião, os cidadãos livres sofram pressões ideológicas. Assim como é deplorável que os religiosos livres sofram pressões ideológicas perpetradas pelo Estado. É incoerente que um Estado de Direito tenha feriados santos, expressões religiosas gravadas em suas cédulas de dinheiro, espaços e recursos públicos loteados entre segmentos religiosos institucionais. É uma vergonha que líderes espirituais emprestem sua credibilidade em questão de fé para servir aos interesses efêmeros e dúbios (em termos de postulados ideológicos e valores morais) da política eleitoral ou eleitoreira.

Segunda: o voto é uma prerrogativa do cidadão. Assim como os clubes de futebol, as organizações não governamentais, as entidades de classe, as associações culturais e as instituições filantrópicas não votam, também a igreja não vota. Quem vota é o cidadão. O cidadão pode ser influenciado, melhor seria, educado, por todos os segmentos organizados da sociedade civil, inclusive a igreja. Mas quem vota é o cidadão.

Terceira: a igreja é um espaço democrático. A igreja é lugar para todos os cidadãos, independentemente de raça, sexo, classe social e, no caso, opção política. A igreja é lugar do vereador de um lado, do deputado de outro lado, e do senador que não sabe de que lado está. A igreja que abraça uma candidatura específica ou faz uma aliança partidária, direta e indiretamente rejeita e marginaliza aqueles dentre seu rebanho que fizeram opções diferentes.

Quarta: a igreja não tem autoridade histórica para se envolver em política. Na verdade, não se trata apenas de uma questão a respeito da igreja cristã, mas de toda e qualquer expressão religiosa institucional. A mistura entre política e religião é responsável pelos maiores males da história da humanidade. Os católicos na Península Ibérica e em toda a Europa Ocidental. Os protestantes na Índia. Os católicos e os protestantes na Irlanda. Os judeus no Oriente Médio. Os islâmicos na Europa e na América. Todos estes cometeram o pior dos crimes: matar em nome de Deus. Saramago disse com propriedade que “as religiões, todas elas, sem exceção, nunca serviram para aproximar e congraçar os homens, que, pelo contrário, foram e continuam a ser causa de sofrimentos inenarráveis, de morticínios, de monstruosas violências físicas e espirituais que constituem um dos mais tenebrosos capítulos da miserável história humana”.

Quinta: o papel social da igreja é profético. Quando o governo acerta a igreja aplaude. Quando o governo erra a igreja denuncia. Quando a autoridade civil cumpre seu papel institucional a igreja acata. Quando a autoridade civil trai seu papel institucional a igreja se rebela. A igreja não está do lado do governo, nem da oposição. A igreja está do lado da justiça.

Todo cristão é também cidadão. Todo cristão deve exercer sua cidadania à luz dos valores do reino de Deus e do melhor e máximo possível da ética cristã, somando forças em todos os processos solidários, e engajado em todos os movimentos de justiça.

Comparecer às urnas é um ato intransferível de cidadania, um direito inalienável que custou caro às gerações do passado recente do Brasil, e uma oportunidade de cooperar, ainda que de maneira mínima, na construção de uma sociedade livre, justa e pacífica.

fonte: Pavablog

vou dizer: concordo plenamente.
Paztejamos

Como comprar o voto de alguém

Um amigo (que eu conheci a pouquissimo tempo) comentou que ofereceram a ele uma quantia em dinheiro para comprar o voto dele.

Segundo ele o político dá um valor X antes e um valor X depois das eleições.

Funciona assim: Eu voto, por exemplo, no colégio A, sessão B. O político, após as eleições sabe (por dados que aparentemente o próprio governo fornece) que ele recebeu votos de tais e tais colégios e de tais e tais sessões. Portanto, o corrupto que me comprar o voto, quando receber essa "listagem", confere se recebeu votos da sessão B do colégio A. Se ele receber é sinal que eu votei. Aí é só pagar pelo voto.

Absurdo né? Eu não sabia que era tão fácil!

Não tem jeito de esse país ir pra frente com essa política manjada.

Paztejamos

1.9.10

Notícias do Vale

O xerox da Clê está com os dias contados:
O Stefanini ( xerox) entrou com uma ação contra a CLê por ela não ter licença.
Minha dúvida é se vão devolver o espaço para o CHIST(diretório academico) da História que mais parece uma baia de cavalo de tão pequeno com uma janelona frontal para ver quem está dentro.
Os burgueses comerciais do vale não estão de brincadeira! Depois do Antonio consumir com a tia das trufas agora stefanini vs Clê. Não vou me admirar o dia em que encontrarem o tio das pastilhas morto no valão.

Outra coisa que pouca gente deve saber é o que fazer quando for mal tratado por alguém na UFRGS.
Deve-se ir ao protocolo (no vale fica ao lado da locadora) e abrir um processo contra essa pessoa.
Quem me falou isso foi uma aluna do PPGCP que é Chilena. Ela foi mal tratada pelo cara da livraria (não a ZOUK, mas a que fica anexa ao Antonio de cima) e se empenhou em descobrir o que fazer sobre isso.
Ela abriu um processo no protocolo e foi atendida sobre o assunto pelo pró reitor de extensão que perguntou a ela o que ela queria que fosse feito a respeito: que tirassem ele ou que fosse advertido. Ela pediu que o advertissem. A chilena falou que até hoje ele a olha atravessado.
Eu já me encomodei com o pessoal daquela livraria. Pede a nota fiscal para eles que eles são capazes de cuspir na tua cara.