Pesquisa neste blog =D

29.10.10

Correntes e Charutos

Semanas de provas a caminho. Por isso não quero mais postar. A partir de amanhã minha maratona de estudos começa e quero estar bem disposto. Não posso deixar que os outros contem comigo mais do que eu mesmo, portanto não participarei de coisas em que normalmente participo aos fins de semana (para horror e encomodo de alguns). Mas, por exceção, vou na aula de música amanhã de manhã.

Como esse post é o meu último até daqui há umas duas semanas (período de provas - juro que cumpro a promessa de não postar), resolvi postar dois posts que achei por aí, são vinculados e muito interessantes. No fim de tudo comento.

O primeiro achei no Caminho da Graça.

Alerta aos cristãos brasileiros: a loucura do neopentecostalismo anti-evangelho



A NIGÉRIA É AQUI...
Cláudio Vitoriano
28 de Outubro de 2010

As histórias e narrativas que acompanhei a não muito tempo atrás, me revelaram a triste realidade de uma ordem religiosa que massacra e escraviza aqueles que deveriam ser cuidados e amados pelo simples fato de serem crianças.


Sim, o Dossiê Nigéria - tão conhecido pelos do Caminho da Graça - trouxe a todos a evidência de que a loucura religiosa permite os atos mais cruéis e insanos que um ser humano é capaz de impor aos seus semelhantes (E não precisa ser "muçulmano" para isso...).

Como muitos, chorei, me revoltei, orei e procurei saber mais... Quanta tristeza e dor! Como era possível em nome de uma absurda autoridade divina, estripar e esfolar aqueles de deveriam receber toda a proteção do mundo?

Lembro-me da primeira vez que ouvi falar sobre o jovem nigeriano acorrentado numa grande igreja africana. Adailton nos falou no Caminho da Graça em São Paulo, numa noite difícil de esquecer...

Todos ouviram o triste relato acerca de um jovem que, acusado de ser possesso, fora acorrentado a uma pilastra e passava seus dias algemado aos pilares do templo esperando por uma libertação espiritual. 

Refletindo sobre tudo aquilo que nos era apresentado, ficava a terrível sensação de impotência e se aquilo tudo um dia poderia chegar até nós.

E chegou.

Hoje pela manhã ao abrir um jornal de grande circulação aqui em São Paulo, deparei-me com a foto de capa que me levou de volta ao continente africano. Dessa vez não era a Nigéria, agora era a Zona Sul de São Paulo.

Os mesmos personagens, as mesmas correntes, as mesmas paredes evangélicas.

O jovem Antônio, esquizofrênico, sem recursos e sem apoio das autoridades. Escravizado por suas doenças e pela manchete do jornal.

Sabedor de nossa péssima saúde pública e todas a mazelas políticas que tanto afligem os menos favorecidos, me perguntei por que acorrentado justamente a uma igreja, lugar de sua pretensa libertação?

A loucura só está começando...

Impossível não lembrar do sofrimento dos pequeninos da Nigéria.
Impossível não lembrar daquele jovem nigeriano.
Impossível não fazer nada ao ver o nome de Jesus justificando cadeias...

Que o Príncipe da Paz nos dê sabedoria e nos torne cada vez mais sensíveis ao sofrimento daqueles que hoje padecem na loucura, na maldade, na dor  e na insensatez religiosa que estão cada vez mais presentes às margens daquilo que chamamos de caminhada da vida.


Cláudio Vitoriano
Caminho da Graça | Estação ABC Paulista
ee 
O segundo no Pavablog.

20 Maneiras de fumar charutos para a glória de Deus

Wilson Jared
 20 Maneiras de fumar charutos para a glória de Deus
Em 1874, a revista Christian World relatou uma curiosa disputa de idéias entre o pregador itinerante Dwight Pentecost e o pastor Charles Spurgeon,  ocorrida quando ambos estavam em um culto. Pentecost incluiu em seu sermão um relato apaixonado sobre como obedeceu ao chamado de Deus para deixar de fumar, algo que parecia atrapalhar sua busca de santidade. Muitos viram neste testemunho uma pacífica provocação a Spurgeon, conhecido por gostar de fumar charutos.

Quando Spurgeon chegou até o púlpito, disse:

Bem, caros amigos, vocês sabem que alguns homens podem fazer para a glória de Deus o que para outros homens seria pecado. Apesar do que nos relatou o irmão Pentecost, eu pretendo fumar um bom charuto para a glória de Deus antes de ir para a cama hoje à noite. Se alguém puder me mostrar na Bíblia o mandamento: “Não fumarás”, estou pronto a obedecê-lo, mas ainda não o encontrei. Conheço apenas dez mandamentos, e faço o possível para guardá-los. Não tenho vontade  alguma  de transformá-los em onze ou doze.

O fato é que eu tenho falado com vocês sobre pecados reais e para não darem ouvidos a meros sofismas e escrúpulos. Ao mesmo tempo, sei que aquilo que um homem acredita ser pecado se torna pecado para ele, e deve então parar de cometê-lo. “Tudo o que não provém da fé é pecado” [Rm 14:23]. Esse é o ponto que o meu irmão Pentecost vem reforçar.

Ora, um homem pode pensar que é pecado ter suas botas pintadas de preto. Bem, então ele não deve insistir e ficar com elas brancas. Gostaria de dizer que não tenho vergonha de nada do que faço. Não me sinto envergonhado por fumar, portanto, quero dizer que fumo para a glória de Deus.

Creio que quase tudo pode ser feito para a glória de Deus, contanto que não façamos disso um ídolo e o fazemos com admiração e gratidão a Deus pelos bons dons que nos concede.

Sendo um fumante ocasional de charutos por 14 anos (comecei antes de ser uma moda e continuei depois de sair de moda), tenho algumas ideias sobre como podemos usar charutos para a glória de Deus. Aqui estão 20 delas:

1. Fume de maneira lenta e reflexiva, como parte da disciplina de contemplação da Palavra de Deus.

2. A maioria dos fumantes olha muito para seus charutos  enquanto está fumando, seguindo com o olhar as veias das folhas e admirando o crepitar dentro do “embrulho”. Um bom charuto é uma obra de arte. Isso me deixa feliz e me faz agradecer a Deus por sua criação.

3. Fume ao ar livre e agradeça a Deus por ter criado o céu, as nuvens, a grama e as árvores.

4. Meu professor de religião da faculdade, o saudoso M.B. Jackson, costumava sair da sala de aula durante as provas. Com o cachimbo na mão, dizia: “Se precisarem de mim, estarei na escada, enviando ofertas queimadas a Deus”. Essa é uma boa perspectiva. Quem fuma charutos gosta de ver a fumaça subir. Pense nisso como um holocausto de ação de graças ao Criador de todas as coisas boas.

5. A ponta de um charuto queimando é, ao mesmo tempo, sedutora e perigosa. O mesmo acontece com o pecado que leva ao inferno. Essa é uma boa ilustração para ser usada pelos pregadores que gostam de fumar.

6. O armazenamento adequado dos bons charutos requer acompanhamento e cuidado (com a temperatura, a umidade etc). Preocupar-se  com os outros e desejar acompanhá-los são virtudes em falta na Igreja moderna. Podemos agradecer a Deus pois cuidar de charutos nos ajuda a sermos curados da “doença da pressa”.

7. Bom tabaco é cultivado, tratado e enrolado através do trabalho duro de homens e mulheres em algumas partes do mundo que a maioria de nós jamais irá visitar. Toda vez que fumo um charuto penso nas mãos calejadas, incansáveis e talentosas  que fizeram meu charuto. Ore por essas pessoas, para que Deus conceda-lhes uma vida longa, plena de saúde e felicidade; e agradeça a Deus por eles e seus dons.

8. Dê graças a Deus por ter criado lugares neste mundo especificamente para produzir o tabaco perfeito. Locais onde tudo colabora para isso: o clima, o solo e os agricultores. Cristãos não acreditam em coincidências.

9. Não inale a fumaça do charuto para dentro de seus pulmões.

10. As cinzas são um ótimo adubo. Depois de fumar, coloque-as sobre a grama ou em canteiros de flores. Assim, você será um bom mordomo da criação.

11. Forme um grupo de estudo bíblico ou grupo de discussão teológica em uma lugar reservado só para fumantes.

12. Frequente lugares onde pessoas que você não conhece fumam charutos. Use cada oportunidade para construir pontes e gerar diálogos que lhe permitam ser testemunha do evangelho.

13. Fume com bons amigos cristãos, rindo muito e falando sobre coisas que são importantes (ou não), e agradeça a Deus pela amizade. Faço isso regularmente e posso dizer que uma das coisas que mais conforta minha alma é  fumar charutos até altas horas da noite enquanto aprecio a companhia e a amizade de bons cristãos.

14. Dê bons charutos – bons mesmo! – de presente em outras ocasiões, além do nascimento de uma criança.

15. Admire-se que, um dia, alguém descobriu como transformar a planta do fumo em charutos (ou cachimbo) e veja que a criatividade humana é uma consequência de sermos feitos à imagem de Deus.

16. Para os fumantes casados: agradeça a Deus por ter uma mulher incrível que deixa você fumar. (Isso é, se ela for uma mulher incrível que o deixa fumar. Se não for o caso, dê graças a Deus por ter uma esposa que se preocupa com sua saúde, sua reputação, seu bom hálito e com todas as coisas que ela não aprova.)

17. Enquanto você fuma, pense em todos os fumantes de charuto famosos que conhece – comediantes, escritores, atores, pintores, poetas e cineastas – e dê graças a Deus por sua arte (e pela arte em geral).

18. Escolha uma passagem em sua Bíblia. Acenda  seu charuto e comece a ler. Não pare até que tenha fumado o charuto até o fim. É melhor que usar ampulheta ou cronômetro.

19. Leve dois charutos para a entrada de sua casa. Acenda um. Aguarde o vizinho sair de casa e então ofereça-lhe o outro.

20. Se você compra a granel, use as caixas vazias para colocar presentes ou comida e dê a crianças carentes.


O que eu achei interessante nesses dois posts (que eu li consecutivamente) foi o contraste entre um e outro. Por um lado uma loucura de evangelho que nada tem a ver com a Bíblia e que usa Deus como instrumento de aprisionamento das pessoas. Acho interessante esse primeiro post porque esse é o tipo de extremo que começa com essa história de "dar liberdade ao Espírito", que mais me parece uma forma de aprisionar o Espírito a psicodelia e transe - mas esse é assunto pra outro post.

E o outro é um ponto que muito pregador crente assembleiano de sapatinho de fogo esquece na hora de dos pulinhos quando puxa a cartilha de regras de "não pode": um dos seus maiores ídolos era fumante.

Ah como é triste ver gente aprisionada a um evangelho de regras religiosas xiitas e contradições bizarras. E como é bom viver agradecendo a Deus pelo alimento, ar, vida, interação social, conhecimento, sabedoria e toda a Criação sem deixar de desfrutar de um dedo de tudo que Deus fez pra nós.

Eu gosto da frase "conhecereis a Verdade e Ela vos libertará" num sentido BEM AMPLO: sendo a Verdade significado de estar fora dessas cadeias de regras e podendo viver na plenitude, livre e solto, sendo um testemunho pra Deus mesmo.

Que seja, enfim.
Paztejamos

Meu Voto

Mais um sobre política. Mas mais sério... meio que daqueles textos que depois vai pra lista de discussão de emails.

A administração pública brasileira é composta de 3 pedaços subdivididos em 3 partes. União, estado e município, cada um composto de legislativo executivo e judiciário.

O Judiciário não é eleito, o que garante a "imparcialidade" do julgamento aos políticos (pelo menos em teoria). Portanto o Judiciário não vai fazer parte do meu comentário.


Nos municípios o Legislativo é composto pelos vereadores e o Executivo pelo prefeito (e secretarias). Nos estados a Assembléia Legislativa faz o papel do Legislativo (como diz o nome) e o Governador (e secretários) faz o papel do Executivo.


Na União a coisa é um pouquinho mais complexa. O Executivo é composto pelo Presidente (e Ministérios) e o Legislativo é composto do Congresso Federal. O Congresso Federal é bicameral, ou seja, constituido do Senado e a Câmara dos Deputados.


O Senado representa os estados em si, portanto cada estado tem o mesmo número de senadores (três). Já a Câmara representa o povo de cada estado e portanto cada estado tem um número de representantes relativo ao tamanho de sua população.


Cada lei, projeto, idéia discutida no Senado e aprovada é, depois, discutida e aprovada (ou não) na Câmara - e vice versa. Isso assegura a idéia de que uma coisa aprovada na Câmara por causa de um número maior de deputados de um determinado estado não seja aprovada no Senado onde cada estado tem o mesmo número.


Depois de a lei passar pelo Congresso Federal ela é sancionada ou não pelo Presidente. Isso acontece da mesma forma em ambito municipal e estadual, com seus respectivos representantes.


Pronto. Enfim, agora se sabe que o Congresso Federal e não o Presidente tem a atribuição de discutir sobre casamento homossexual em igreja, legalização de drogas e aborto.


Fica portanto evidente a falta de nexo nas discussões sobre esses assuntos quando relacionados a eleição para Presidente.

A decisão para presidente tem mais a ver com as definições de ministérios, atitudes de política externa, integração de políticas inter-estaduais e políticas estratégicas de planejamento para o território inteiro, além de fronteiras e etc.

Além disso, o Presidente não é, como a mídia diz quando fala do Obama, o "cara mais poderoso do país". Ele pode sofrer impeachment, pode ser barrado em algum projeto pelo Congresso ou pelo Judiciário. Ele é submetido a regras e decoro. Enfim, para o bem estar da Democracia, ela foi Planificada (com um plano) em 3 pilares, para que um fiscalize o outro.

Minha percepção em relação aos Presidentes me diz que, qualquer um dos que ganhe, vai manter as mesmas políticas que os anteriores já vem mantendo, a saber, aquelas de mercado aberto, cambio flutuante, pagamento de juros da dívida pública, etc. Lula entrou e fez o mesmo que o FHC. Serra, por definição, apoia as atitudes do FHC. Dilma apoia as idéias de Lula que são as do FHC. Portanto IGUAIS!

Meu voto, portanto, vai para Jânio Quadros, Tiririca, Bento Gonçalves, Getúlio Vargas, Cristovão Colombo. Ou seja, é nulo, 99, 66, 00... essas coisas.

Ficaria feliz com o Plínio e um pouco menos feliz com a Marina. Mas não deu. Portanto, é isso.

Agora, antes da meia noite, estou postando esse texto. Depois a lei eleitoral não me permite mais :P

Paztejamos

28.10.10

wOne - Jogo da Semana

Achei esse joguinho por acaso enquanto abria outro jogo que logo logo irei postar aqui.

Estava conversando com uma amiga e acabei me parando a jogar isso. Tá certo que 'virei' em alguns minutos, mas mesmo assim foi beeeeem divertido =D

Aqui tu é uma rodinha que tem que pegar uns barris e estrelas. É raladinho no comeco, mas depois tu acostuma :P

http://www.boxhead.seantcooper.com/wone (clica na imagem pra abrir)

Pazteja

27.10.10

First video => Fail

Até hoje eu uso o paint pra editar imagens. Não me interessei em aprender a usar qualquer outro programa porque, putz, pra que editar imagens?

Da mesma forma, estava procurando um programinha pra editar vídeos e acabei caindo no movie maker do windows mesmo. Não preciso de muita coisa, só cortar mesmo...

Acho que posso "dinamisar" minhas postagens com vídeos. Não que eu tenha vontade de fazer um vlog... só é mais pratico e rápido do que escrever (e alguém pode se interessar em ver mais facilmente - ou não).

Como não tenho câmera, vai a do celular (a minha webcam é muito loca pra funcionar no windows seven ¬¬).

Aqui vai minha primeira criação... beeeem besta xD

---------------------------------------------------ouquei, não consegui upar... vou ver se resolvo isso amanhã. Que seja, até lá sem vídeo.

Paztejamos

Update: aqui está, finalmente:



Paztejamos 2

26.10.10

Oração como poder

Ricardo Gondim

Acabo de acessar a rede de televisão estadunidense MSNBC. Estupefato, ouço que o psicólogo-pedagogo James Dobson, ultraconservador líder da direita evangélica, convocou uma reunião de oração para pedir que um temporal estragasse o discurso de Barack Obama (o tiro saiu pela culatra, um furacão quase acabou com a convenção dos Republicanos).

A neopentecostal Valnice Milhomens, precursora da teologia da prosperidade no Brasil, afirmou que Fernando Collor de Melo foi gerado pela oração, "no colo dos evangélicos". Segundo ela, quando Collor enfrentou Luis Inácio Lula da Silva, os crentes lhe deram a vitória.

Max Lucado ressoou a enorme maioria evangélica que apoiou a invasão e guerra do Iraque. Em um “prayer breakfast” com George W. Bush, pastores de várias denominações abençoaram as tropas que avançavam com tanques e aviões, lançando mísseis “inteligentes”. Milhares morreram e os púlpitos se mancharam de sangue. Como algum deles ainda consegue citar: “Bem-aventurados os pacificadores porque serão chamados filhos de Deus”?

Edir Macedo sugeriu que Lula, seu atual correligionário, era uma encarnação de Satanás. Segundo o bispo, o diabo seria um anjo “barbado, sem um dedo e de língua presa”.

Qual a correlação dos fatos? Simples. Ávidos de poder, homens e mulheres usam a religião para sancionar a suas ambições. Perdem até o receio de quebrar o terceiro mandamento: "Não tomarás o nome de YHWH, teu Deus, em vão, pois YHWH não considerá impune aquele que tomar seu nome em vão".

A lógica seria a seguinte: “nós somos os escolhidos de Deus, portanto, podemos acessar o seu poder e combater quem julgarmos um inimigo”. Se o presidente é cristão e sabe orar, não existe a mínima possibilidade de errar ou de reproduzir uma política belicista, imperialista. “The President” cumpre os propósitos eternos do Senhor. Se acontecerem mortes: "Deus precisa delas para cumprir a sua agenda".

Pronto! Discursos semelhantes justificaram a chacina de Montezuma. A rapinagem espanhola na América Latina, que exterminou nações, era “necessária para acabar com a idolatria pagã". Para sedimentar bem a civilização cristã, negros agonizaram no porão de navios imundos; muitos passaram pela vida como bichos acorrentados. E todas as caravelas partiam da península Ibérica com missa e as bênçãos oficiais do Papa - tudo para a "glória de Deus".

Eu participava de uma reunião evangélica em Atlanta, Geórgia, quando Bill Clinton ganhou a eleição. Naquele exato momento, ouvia o pensador indiano radicado nos Estados Unidos, Ravi Zacharias. Ele vaticinou com toda veemência que a permissividade moral do novo presidente levaria a nação à bancarrota. Zacharias fracasou em seu prognóstico. Clinton trouxe excelentes resultados para a América e ainda conseguiu se re-eleger.

Permaneço cristão porque reconheço que Deus não se deixa manipular por rogos tão perversos e inconsequentes, caso contrário, teria pavor de algumas orações que já fizeram contra mim - parecidas com a do James Dobson.


Soli Deo Gloria.

24.10.10

Recuso-me a comentar

Recebi a seguinte mensagem de um amigo no Orkut. Eu me recuso a comenta-la. A posto aqui para que cada um tire suas conclusões.

meu ídolo morreu por mim , e o seu ?
Só leia se tiver tempo pra Deus ♥


Deixe-me
te contar, tenha certeza de ler tudo isto até o final. Eu quase apaguei
essa mensagem, mas fui abençoado quando cheguei ao final.
Assunto: Ler somente se tiver tempo para Deus.


FÁCIL VS. DIFÍCIL


>> Por que é tão difícil dizer a verdade e tão fácil mentir?
>> Por que temos tanto sono na igreja, mas quando acaba o culto repentinamente estamos tão acordados?
>> Por que é tão difícil falar de Deus e tão fácil dizer coisas sujas?
>> Por que é tão chato ler uma revista cristã e tão divertido folhear uma com conteúdo nojento?
>> Por que é tão fácil apagar mensagens de Deus e enviar mensagens sujas?
>>Por que as igrejas e templos se tornam cada vez mais pequenas em
quantidade, enquanto os bares e discotecas crescem tanto?
Se dá por vencido? Pensa se vai re-enviar esta mensagem ou se vai apagá-la?
Lembre-se somente que Deus está te observando...


A RODA DA ORAÇÃO
Vamos agora ver se o diabo pode pará-la!
Isto é o que a roda significa. Quando receber esta mensagem, faça uma oração para a pessoa que te enviou...
Isso é tudo o que tem que fazer. Não há atalhos. É muito poderosa.
Não pare esta roda por favor...
De todos os presentes que possamos receber, uma oração é o melhor.
>> Não custa nada e traz recompensas maravilhosas. Deus te abençoe.
>> Que Deus te guarde e te abençoe.
SE ESTA FRASE NÃO TE FIZER REFLETIR, NADA MAIS O FARÁ...
Esta mensagem é verdadeira.
Espero que seja tão abençoado como eu fui ao ler a seguinte história e ainda
assim me pergunto quantas pessoas vão apagá-la sem sequer lê-la, somente
por ver o título.
Um dia Satanás e Jesus estavam conversando.
Satanás acabava de ir ao Jardim do Éden, e estava fazendo graça e rindo, dizendo:
-Sim senhor. Acabo de apoderar do mundo, cheio de gente lá embaixo. Eu
armei a eles uma armadilha, e usei uma isca que sabia que não poderiam
resistir. Caíram todos!
- O que vai fazer com eles? Perguntou Jesus.
- Ah, vou me divertir com eles. Respondeu Satanás. Vou ensiná-los como se
casar e se divorciar, como odiar e abusar um do outro, a beber e fumar,
e, é claro, os ensinarei a inventar armas e bombas para que se destruam
entre si. Realmente vou me divertir!
- E o que farás quando se cansar deles? - Perguntou Jesus.
- Ah, os matarei. Disse Satanás com os olhos cheios de ódio e orgulho.
- Quanto quer por eles? Perguntou Jesus.
- Ah, você não quer essa gente. Eles não são bons. Porque os salvaria? Você os salva e eles te odeiam.
Vão cuspir em seu rosto, vão te maldizer e te matarão. Você não quer essa gente!
- Quanto? Perguntou novamente Jesus.
Satanás olhou para Jesus e sarcasticamente respondeu:
- Todo o seu sangue, suas lágrimas e sua vida.
Jesus Disse:
- FEITO!
E assim foi pago o preço.
Notas:
>> Não é curioso o quanto é fácil depreciar a Deus e logo perguntar-se porque o mundo está indo para o inferno?
>> Não é curioso como alguém pode dizer 'Creio em Deus' e seguir a Satanás?
>>Não é curioso que enviem milhares de mensagens com piadinhas pelo
e-mail, as quais se espalham como pólvora, mas quando começa a enviar
mensagens que se referem ao Senhor, a gente pensa duas vezes antes de
compartilhá-las?
>> Não é curioso que quando chega o
momento de re-enviar esta mensagem, você a deixará de enviar a muitas
das pessoas que estão registradas na sua lista de contatos, pois não
está certo(a) do que vão pensar de você?
>> Não é curioso como as pessoas podem estar mais preocupadas com o que os demais pensem deles do que o que Deus pensa?
>>Oro por todos aqueles que re-enviar esta mensagem a todos os
destinatários de suas listas de contatos, eles serão abençoados por Deus
de uma maneira especial.
Enviem-na também à pessoa que te enviou.
Que o Senhor os abençoe grandemente!!

EU A ENVIO PORQUE NÃO ME ENVERGONHO DE CRISTO, E QUERO QUE TODO MUNDO
SAIBA QUE O AMO COM TODO MEU CORAÇÃO, AQUELE QUE MORREU POR MIM, NAQUELA
CRUZ? E VOCE SE ENVERGONHO(a)DE CRISTO?

Então,
é só vc COPIAR p/ a nova versão do orkut, depois vc entra em um de
seus amigos do orkut, vai na pág. de recados dele e dá um click dentro
da barra q escreve o recado e COLA..em cima tem sua foto e a do amigo, e
do lado tem ALTERAR, aí vc clica em alterar, vai abrir uma pagina com
a lista de SEUS AMIGOS, aí você SELECIONA a foto de CADA UM e no fim da
lista vc clica em SALVAR, depois é só POSTAR e p/ todos eles ao
mesmo tempo.... ok! Valeu? /??

23.10.10

Jogo da Semana: Red Riot

Tentando colocar um "ritmo" nesse blog resolvi que vou postar um jogo por semana. Isso é bom porque me dá algumas horas de diversão (basta ter uma conexão rápida) e eu compartilho minhas descobertas de jogo aqui.

Se alguém tiver uma sugestão de jogo posta aqui no blog que eu jogo e dependendo posto numa próxima oportunidade.

Pra comecar, vai o Red Riot. Tu é um soldado e tem que cumprir missões (como destruir alguma coisa ou matar algum inimigo). Tu voa num jetpack. Atira com o mouse.


Enfim, paztejamos.

22.10.10

Contratos e Súmulas: a Odisséia

Alguém lembra desse link? foi quando eu comentei sobre umas tretas de uns contratos que não aparecia dos mano lá da Câmara e etc xD

Eu finalmente recebi retorno. Foi no dia 18/10. Eis o email:


Olá Jean!

Agradecemos mais uma vez seu contato através do site da Câmara e informamos que levando em consideração a sua colaboração, a Mesa Diretora já está com um projeto para complementar o Portal Transparência com as informações solicitadas.

--
Atenciosamente,

Assessoria de Comunicação
Câmara Municipal de Guaíba
Sinceramente, gostei do resultado. E vou fazer mais vezes, sempre que encontrar algum 'início de complicação'. Mas ainda não vi se os contratos estão lá (devo fazer isso em breve... mas estou com preguiça de pesquisar agora porque já ta tarde). Nos próximos dias confiro e mando um email agradecendo se já estiver lá, ou cobrando agilidade se ainda não estiver.
Paztejamos.

E façam enxam o saco também, porque se ficar só eu gritando aqui sozinho não vai mudar em nada.

Lovefool vs Love me



Lovefool foi um grande hit da década de 90, da banda sueca The Cardigans. Lembro-me de ter ouvido essa música em uma penca de filmes; originalmente, parece que a música era trilha de Romeu + Julieta, aquela "reinterpretação" cinematográfica do famigerado romance feita pelo Leonardo di Caprio (eu não gosto desse tipo de filme, mas é a título de informação apenas).

Pessoalmente, acho essa música bárbara. É claro que é melosa e talz, mas sei lá.

Sabe-se que, aparentemente, um fenômeno tipicamente pós-moderno seria o reaproveitamento do antigo para construção do novo. E é aí que mora o perigo:



Descobri, hoje, para o meu infortúnio, que o pirralho andrógino rei da música-feita-pra-guria-gritar-histérica, inventou de se meter, e criou isso.

Ele (ou seria "ela"?) pegou o refrão da música e largou umas viadagens em forma de estrofes. E pronto, está feita a aberração sonora, que chamou de "Love me".
Na boa, Justin Biba..(oops)...Bieber, mas tu não tem envergadura moral para se meter nesse clássico. A seguir, a obra prima, para consolação:



O clássico permanece!

17.10.10

A piada religiosa mais engraçada

Uma vez eu vi um cara querendo se jogar de uma ponte e eu disse:

– Não faça isso!

– Ninguém me ama – ele disse.

– Deus te ama. Você acredita em Deus?

– Acredito – ele disse.

– Você é cristão ou muçulmano?

– Cristão.

– Eu também! – eu disse. – Protestante ou católico?

– Protestante.

– Eu também! De qual denominação?

– Batista.

– Eu também! Batista da convenção batista do norte ou batista da convenção batista do sul?

– Da convenção batista do sul.

– Caramba, eu também! Batista da convenção batista regular do sul ou da convenção batista independente do sul?

– Da convenção batista regular do sul – ele disse.

– Eu também! Batista da convenção batista regular reformada do sul ou da convenção batista regular pioneira do sul?

– Da convenção batista regular reformada do sul.

– Eu também! Batista da convenção batista regular reformada pentecostal do sul ou da convenção batista regular reformada carismática do sul?

– Da batista regular reformada pentecostal do sul.

– Então morra, herege! – e empurrei o sujeito.

Piada de autoria de Emo Phillips, que pode ser vista no original AQUI. A versão aqui disposta foi encontrada na Bacia das Almas, mas por algum motivo já não se encontra mais lá.

14.10.10

Kitchen Puzzle Escape

Passamos algumas horas agora, eu e o Benhur, tentando resolver esse joguinho aqui.

Muito do mal :P algumas coisas agente nao descobriu. A ultima parte é a mais impossivel ... se alguém descobrir por conta eu viro fã.

Quem quiser jogar ta aqui o desafio: http://jogos.hex.com.br/jogo/kitchen-puzzle-escape/

Paztejamos

Haruhi Suzumiya > Chuck Norris > all

E tenho dito.

Toda a Igreja tem uma Mirian e um Eliezer

 Crente adora colocar nomes nonsense nas crianças.


Conheço uma Laudicéia,uma Sulamita,um Melquisedeque, um Kemuel, um Gênesis e um Atos ( são gêmeos). Enquanto ficavam só nos 12 apóstolos era bom,mas agora estão cavocando na bíblia nomes não usuais.

Um dia desses esteve pregando por aqui um tal "Flamarion".  Brinquei que esse era fogo até no nome!
Mas legal mesmo foi ver o pastor consagrar uma bebê chamada Michaeli ( le -se Micaeli) quem disse que ele conseguia falar Michaeli. Riso geral na igeja.

Agora quem é crente me diga: Vai dizer que se não é verdade que toda a igreja tem uma Mirian e um Eliezer? Toda a Igreja tem uma Mirian e um Eliezer ( ou Eliézer)!!!!

13.10.10

Sou Contra o Aborto

Vai Encarar?
 Luiz Felipe Pondé
SOU CONTRA o aborto. Não preciso de religião para viver, não acredito em Papai Noel, sou da elite intelectual, sou PhD, pós-doc., falo línguas estrangeiras, escrevo livros “cabeça” e não tenho medo de cara feia.

Prefiro pensar que a vida pertence a Deus. Já vejo a baba escorrer pelo canto da boca do “habitué” de jantares inteligentes, mas detenha seu “apetite” porque não sou uma presa fácil.

Lembre-se: não sou um beato bobo e o niilismo é meu irmão gêmeo. Temo que você seja mais beato do que eu. Mas não se deve discutir teologia em jantares inteligentes, seria como jogar pérolas aos porcos.

Esse mesmo “habitué” que grita a favor do aborto chora por foquinhas fofinhas, estranha inversão…

Não preciso de argumentos teológicos para ser contra o aborto. Sou contra o aborto porque acho que o feto é uma criança. A prova de que meu argumento é sólido é que os que são a favor do aborto trabalham duro para desumanizar o feto humano e fazer com que não o vejamos como bebês. E não quero uma definição “científica” do início da vida porque, assim que a tivermos, compraremos cremes antirrugas “babyskin” com cartão Visa.

Agora o tema é o “retorno” do aborto. O aborto entrou na moda neste segundo turno. É claro que esse retorno é retórico. Desde Platão, sabe-se que a democracia é um regime para sofistas e retóricos.

A relação entre democracia e marketing já era sabida como essencial desde a Grécia Antiga. Por que o espanto quando os candidatos, sabendo que grande parte da população brasileira é contra o aborto (talvez por razões religiosas vagas, talvez por “afeto moral” vago), se lançam numa batalha pelo espólio do “direito à vida”?

O marketing é uma invenção contemporânea, mas a necessidade dele é intrínseca a qualquer técnica que passe pelo convencimento de uma maioria, desde a mais tenra assembleia de neandertais.

A democracia é, na sua face sombria, um regime da mentira de massa. Quando essa mentira de massa é contra nós, reclamamos.

Não há nada de evidentemente justo em termos morais ou de moralmente “avançado” na legalização do aborto. O que há de evidente em termos morais é a desumanização do feto como processo retórico (exemplo: “Feto não é gente”) e a defesa de uma forma avançada de “safe sex”: “Quero transar com a “reserva de comportamento legal” a meu favor. Se algo der errado, lavo”.

E não me venham com “questão de saúde pública”. Esgoto é questão de saúde pública. A defesa do aborto nessas bases é apenas porque o aborto legal é mais barato. Resumindo: “Safe sex, cheap babies”. E não me digam que o feto “é da mulher”. O feto “é dele mesmo”. E não me digam que “todo o mundo avançado já legalizou o aborto”, porque esse argumento só serve para quem “ama a moda” e teme a solidão.

Não pretendo desqualificar a angústia de quem vive esse drama. Longe de mim! Mas em vez de gastarmos tanta “energia social” na defesa do aborto, por que não usarmos essa energia para recebermos essas crianças indesejadas?

Vem-me à mente dois exemplos, aparentemente de campos “opostos”. Deveríamos aprender com a Igreja Católica e seu esforço de criar redes de recepção dessas crianças, aparando as mães em agonia e seus futuros filhos à beira da morte.

Por outro lado, são tantos os casais gays masculinos (os femininos sofrem menos porque dispõem de “útero próprio”) que querem adotar crianças e continuamos a julgá-los, equivocadamente, penso eu, incapazes do exercício do amor familiar.

Sou contra a legalização do aborto porque o considero um homicídio. Muita gente não entende essa implicação lógica quando supõe que seriam razoáveis argumentos como: “A legalização do aborto permite a escolha livre. Se sou contra, não faço. Se minha vizinha for a favor, ela faz”.
Agora, substitua a palavra “aborto” pela palavra “homicídio”, como fica o argumento? Fica assim: “A legalização do homicídio permite a escolha livre. Se sou contra, não faço. Se minha vizinha for a favor, ela faz”.

Quem é a favor do aborto não o é por razões “técnicas”, mas por “gosto” ideológico.

Fonte: http://www.pavablog.com/2010/10/13/vai-encarar/#more-25805
______________________

Meu comentário: realmente poucos dos textos que eu li sobre o assunto foram tão incisivos e objetivos. O que mais posso dizer? Concordo plenamente.

Mas fica o meu ponto: esse cara pode ter qualquer opinião que com certeza vai conseguir convencer muitos. Ele escreve muito bem, tem uma retórica incrível. Posso discordar dele em algum momento, mas se ele argumentar da forma como argumenta aqui, vou no mínimo me obrigar a respeitar a opinião dele. Genial.

Paztejamos

12.10.10

Sistema Político Sueco

Minha prima postou no blog dela (http://jussaraborges.wordpress.com/) sobre o sistema político Sueco. Olhem esse vídeo:



Procurando achei esse vídeo também:



Meu comentário: Se uma ou duas cidades fossem assumindo esse sistema aqui no Brasil, testando, com intensa fiscalização popular, garanto que dava certo. Eu creio :P

Ahh se tivessemos políticos descentes :S

Paztejamos

Aconteceu em 2001 - Manifesto da AEVB contra Daniel Mastral

Num dos boatos espalhados contra a candidata Dilma Roussef(que inclusive pode-se ver aqui), dizia-se que o seu vice-presidente, Michel Temer, seria o pai do tal do Daniel Mastral, o suposto ex-satanista que publicara o bombástico livro "Filhos do Fogo", em idos de 2001. O tal Mastral, com o livro em questão, lançou verdadeira febre nos arraiais do movimento de "batalha espiritual" nas igrejas neo-pentecostais (e pentecostais?).

Pelo que soube a respeito, o autor dá a entender que seu pai seria Michel Temer, mas não explicitamente, pois o chama de "Marlon".
O que eu não sabia é que uma das vítimas do "testemunho" do Mastral foi a capelã Eleny Vassão, autoridade da Capelania Evangélica da USP, que sofreu muito com o seu ministério sob as alegações sem fundamento de Mastral.

Segue-se em link o manifesto da saudosa Associação Evangélica Brasileira (AEVB)sob o caso, com a palavra da Capelania de introdução:

O próximo link fala do caso do Michel Temer:

Que isso sirva para crentes pararem de viajar (com perdão da expressão).

Jesus Salva, Cura e Liberta


Não gosto dos cliches. Eu considero que eles afirmam estereótipos e afastam as pessoas do que deveria ser aquilo que está em questão.

No caso do cristinismo um exemplo de clichê é esse do título. Outro é aquele de que crente não pode fazer um monte de coisa (fumar, beber, ir em festas, bares, usar bermuda); tem também aquela história de que crente é um bicho barulhento que fica gritando na igreja, ou que anda sempre de terno com a Bíblia debaixo do braço... essas coisas que ta todo mundo acostumado a ouvir.

Não gosto especialmente quando alguém submetido aos clichês dá mais motivo para que eles se reforcem. Quando, por exemplo, um crente conversa com alguém que não é crente e estimula a idéia de que os clichês são de fato reais. Assume o estereótipo.

[Foi o caso do nosso evento da mocidade desse fim de semana que (deveria ser 'evangelístico' mas) acabou regado a "incendeia Senhor a sua igreja" seguido de "Faz Chover", acompanhados de gritaria, ternos, saias, e etc, coisas simplesmente incompreensíveis pro público não-crente que passa e que só dá motivo para que não se visitem igrejas evangélicas.]

Como é pra se notar, "puxo a brasa pro meu assado" quando falo em crentes, porque é deles que eu quero falar.

Eu sou crente. Não fumo, não bebo, não vou a festas nem shows. Mas poderia. As vezes bebo vinho em casa (principalmente no inverno) ou cerveja na rua, só pra dar um exemplo. Uso roupas normais e detesto terno e gravata, mas as vezes uso por me exigirem para participar dos cultos na igreja. Normalmente não carrego a Bíblia debaixo do braço, mas poderia sem problemas (e inclusive as vzs o faço quando vou para algum momento em que a Bíblia se faz necessária).

Mas uma diferença há entre todos os clichês citados e o clichê do título: o do título de fato É REAL!

Fim de semana passado (anterior a esse) foi aniversário da minha prima. Essa prima é uma que esteve no hospital com um virus no cérebro, que os medicos diziam que não ia se salvar e que se se salvasse, teria sequelas; mas que, depois da busca do meu tio (pai dela) por Deus, melhorou incrivelmente rápido e ficou boa, sem nenhum problema.

Nesse aniversário encontramos o Max. O Max é um conhecido de muuuuuuuuito tempo, que já frequentou igrejas, trabalhava com meu tio, toca contrabaixo e violão e é conhecido de alguns amigos da igreja. Ele há algum tempo atras estava enfiadíssimo no crack. Esteve com menos de 50kg, morou no meio do mato e vendeu até o colchão onde dormia pra comprar drogas.

Há algum tempo ele foi parar num centro de recuperação. Hoje ele faz parte de uns 3 grupos de jovens para prevenção e recuperação de viciados, trabalha e sempre fala em Jesus e como conseguiu se recuperar.

É impossível não ver Jesus na recuperação dele. Ele não fuma, não bebe, está bem, faz exercícios, e tem uma vida com sentido. Está Salvo, Curado e Livre. Jesus mudou a vida dele.

A história da minha prima e a do Max são provas de como o nosso título não se trata de clichê.

Agora a questão é: o Max não um cara que 'não pode fumar', 'não pode beber' ou etc. Ele é um cara que esteve preso a isso, escravo disso e agora está livre. Pode viver sem isso, coisa que muitos no nosso mundo que não se sentem viciados em nada não conseguiriam. Isso é estar liberto. O Max não é um cara preso a cliches, barulheira, emocionalismo, cortes de cabelo ou roupas; ele é um cara que provou a existência de Deus e Sua misericordia e agora quer retribuir isso a Deus como Ele instruiu: não com atitudes supérfluas como ficar orando 8 horas por dia sem ajudar o próximo, mas fazendo coisas úteis como participar de grupos de recuperação e prevenção. Isso é ser sal, luz... amar ao próximo tanto como a si mesmo que tenta fazer com que o próximo não sofra com aquilo que não precisa.

Enfim... é isso... Jesus é bom :P
Paztejamos.

Discussões Surreais

Acho muito engraçada a disposição das pessoas nessas eleições em discutir assuntos como aborto, união civil de pessoas de mesmo sexo ou legalização de drogas.

É que nem há um tempo atrás, quando inventaram uma lei que legalizava a profissão de flanelinha: uma grande asneira, porque o flanelinha vai continuar trabalhando da mesma forma que trabalha agora (ou alguém vai querer se regularizar e ainda ter que pagar impostos?).

Isso é como discutir sobre como agente acha que deve ser a reprodução das baleias azuis: agente pode chegar a conclusão de que o bom é que elas se reproduzam só uma vez por ano e com no máximo 5 filhotes por vez, mas ela vai estar cagando pra nossa opinião e vai fazer conforme ela achar melhor.

Tem que discutir é como dar emprego pra todo mundo, alimento e roupa pro pobre, saneamento, luz e agua nas zonas rurais, tirar as pessoas das favelas, etc etc. Não esses assuntos bestas que vão ser só mais uma "burocratização" da realidade. Aborto vai continuar acontecendo com lei ou sem lei... eu sou contra e vai da consciência de cada pessoa fazer; gays vão continuar indo morar juntos independente de a lei dizer que sim ou que não... e assim por diante.


Quem discute esse tipo de assunto mais "supérfluo" é porque já resolveu os assuntos mais graves. Países como os da Europa, que tem uma boa distribuição de renda e um sistema mais "igual" pra maioria. Eles sim podem discutir sobre aborto e bla bla bla porque, óbvio, não tem mais nada de (realmente) grave pra discutir.

É como quando numa empresa se faz uma reunião pra discutir sobre o direcionamento das verbas no próximo mes. Primeiro se discute o importante, o sério... depois sim eles discutem sobre o churrasco e o futebol no fim de semana.

Enfim... Queria que nossos políticos parassem de brincar e fizessem coisas sérias.

Paztejamos

11.10.10

Tradição protestante




“Sou filho da tradição protestante. Não posso me livrar dela, nem quero. O que amo nessa tradição? A ousadia de pensar diferente, de andar na direção contrária: é o que mais amo. Não consigo viver sem dizer o que penso. Razão porque estou sempre me retirando de grupos que cultivam ortodoxias, universidade, psicanálise, política, religião. Não consigo brincar de ‘boca de forno’”. - Rubem Alves

10.10.10

Ainda sobre Cristianismo e Política

Parece que a campanha de terror funcionou: como resultado, a bancada evangélica cresceu consideravelente, e Dilma, a "candidata do Reino das trevas" não conseguiu ganhar no primeiro turno.

Nomes como Marcelo Crivela (um dos altos sacerdotes da Ordem Babilonica Universal) e Marco Feliciano (isso mesmo, nosso doutor em divindade favorito xD) subiram ao poder como o impulso da comoção que se instaurou no povo.

Resta ver agora no que isso vai dar. Que representa o aumento da bancada evangélica no cenário brasileiro a longo prazo? Alguns vão afirmar que é benção divina. Mas aí onde é que fica aquela conspiração demoníaca? Deu errado? Bom, deixa pra lá.

Sinceramente, preocupo-me com que essa galera vai fazer. Olho para eles, e vejo a intenção de construção de um Estado evangelico,o que só tenho a me opor. O tempo dirá se o que eu vejo é verdade ou paranóia.

7.10.10

Ahmadjinejad - Eu sou fã

Ahmadinejad agradece ao papa pela defesa do Corão e apela por colaboração

Teerã, 7 out (EFE).- O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, agradeceu ao papa Bento XVI pela "defesa do Corão" durante a polêmica gerada por um reverendo dos Estados Unidos que queria queimar exemplares do livro sagrado dos muçulmanos, em meados de setembro.

Em carta divulgada pelo seu site, o ultraconservador líder iraniano fez um apelo pela cooperação entre religiões para combater a degradação da sociedade, o laicismo e movimentos como a "islamofobia".

"Quero agradecer à sua excelência por condenar a estúpida decisão de uma igreja da Flórida de injuriar o sagrado Corão, o que causou desgosto a milhões de muçulmanos por todo o mundo", diz a carta.

Segundo a televisão estatal, o documento foi entregue ao pontífice em Roma pelo vice-presidente do Irã e encarregado de Assuntos Parlamentares, Mohamad Reza Mirtajodini.

Nele, Ahmadinejad aponta para "a necessidade de uma colaboração próxima entre as religiões para enfrentar aos movimentos destrutivos como o ateísmo e a influência dos materialistas, que estão corroendo a sociedade, especialmente a família e a juventude".

A carta foi divulgada na mesma semana na qual os filhos de Sakineh Mohammadi Ashtiani, acusada de assassinato e adultério e que poderia ser apedrejada no Irã, revelaram à Agência Efe que tinham solicitado a intervenção do Vaticano para salvar sua mãe.


Meu comentário: Quem me conhece e já chegou a conversar comigo sobre islamismo, israel (aqui com letra minuscula de propósito), Irã, ou assuntos afins, sabe a minha opinião "polêmica" sobre o assunto.
Ahmadjinejad é um cara patriota. E como patriota, não está disposto a se inclinar ante os poderosos porcos capitalistas, mesmo que isso custe ser conhecido como "ultraconservador". Ele usa da Soberania do Estado dele de maneira coerente e não se entrega a qualquer "resolução internacional" criada especialmente contra os propósitos dele. Não sei se qualquer um no lugar dele teria a coragem que ele tem.

Se os comentários dele são conforme essa matéria mesmo fiquei mais fã dele ainda, porque ele é a favor da boa coexistência entre religiões (contrariando o que dizem por aí que ele é extremista louco).

Paztejamos

6.10.10

Vamos votar em super heróis! Ou no Papai Noel!



Super Moura rocks! Mas ficaria na dúvida entre ele e o Papai Noel xD.

Acerca das Diárias em Guaiba

Em 2010:

Em Julho, R$5.487,00;
Em Agosto, R$7.860,00;
Em Março, R$8.456,04;
E em Maio, R$11.776,64!

Gastar 11 mil reais em missão viagens, durante um mês, é uma façanha. Mas, levando em conta que são 11 os vereadores, é possível que, se cada um gastar mil reais ainda seja possível. É claro que, sendo uma viagem onde todos os vereadores participem, é porque provavelmente se trate de uma coisa importante, que saia nos jornais, essas coisas. Pois é... mas eu não vi nenhuma notícia a respeito. Estranho né... é sempre tão calmas as notícias da nossa Guaíba.

Mas alguém pode dizer "eles devem ter ido para um lugar relativamente longe e por isso gastaram parte significativa desse valor na passagem". Argumento que é facilmente refutado com a lei Nº 1691/2002, que se encontra nesse link: http://www.camaraguaiba.rs.gov.br/portal/uploads/101.pdf

Conforme a lei, "além de lhe serem fornecidas passagens ou transporte, serão pagas
diárias em valores expressos em reais correspondentes aos seguintes valores,
exceto quando a municipalidade fornecer alimentação e pousada.

I - Quando o servidor deslocar-se para o Distrito Federal (Brasília) o valor
da diária será de R$ 585,00 (quinhentos e oitenta e cinco reais);
II - Quando o servidor deslocar-se para outros Estados da Federação o valor
da diária será de R$ 393,00 (trezentos e noventa e três reais);
III - Quando o servidor deslocar-se dentro do Estado do Rio Grande do Sul o
valor da diária será de R$ 198,00 (cento e noventa e oito reais), exceto
quando o deslocamento se der para Porto Alegre;
IV - Quando o servidor deslocar-se para a capital do Estado do Rio Grande do
Sul (Porto Alegre) a diária será no valor de R$ 54,00 (cinqüenta e quatro
reais);
V - Quando o servidor deslocar-se para fora do país o valor da diária será de
R$ 1.170,00 (um mil cento e setenta reais)."

Além disso alguém pode alegar que aqueles valores foram feitos com diárias fora do país, o que não procede porque segundo o relatório as diárias referentes aquele valor são as "NO PAÍS".

Ainda estou de olho e estou esperto que está tudo muito mal declarado la nas contas públicas (o mes de agosto foi o último mes publicado e já estamos em OUTUBRO!). Aqui o link pro mes de agosto:

http://www.camaraguaiba.rs.gov.br/portal/uploads/366.pdf

E aqui o link pras contas públicas (o chamado "Portal da Transparência" da Câmara, que na minha opinião está é muuuuito sujo): http://www.camaraguaiba.rs.gov.br/portal/?id=197&id_l=16&sec=__downloads

Meus emails até agora surtiram efeito: nenhuma resposta me foi encaminhada e hoje mesmo mandei outro email pedindo DE NOVO o que pedia no início (até agora, também sem resposta).

Paztejamos

A Cancha Coberta do Nestor

Eu estudei num coleginho relativamente pequeno perto de minha casa entre a sexta série e o segundo ano. Naquele tempo eu era mais anti-social, tinha poucos amigos e era bem mais CDF (não rodava nas provas... mas pode ser porque também era beeeeeeeem mais facil que na Universidade).

Uma vez, durante o período letivo, eu me lembro que houve uma "eleição" pro diretor da escola. Foi um alvoroço, tinham panfletos e adesivos de divulgação: uma minieleição aos moldes do que houve agora a pouco no país. E eu me lembro nitidamente a proposta mais enfática, especial, chamativa e berrante das diretoras: era que, se eleitas (qualquer uma delas, propunham a mesma coisa) fariam a tal "cancha coberta".

Pra contextualizar: atrás desse colégio ficava a "cancha", [uma palavra que eu nem sei explicar o que significa mas] que em termos práticos era uma quadra de concreto com uma goleira e uma rede de basquete em cada lado. Como o ambiente era meio "simplório" e como as crianças constantemente chutavam a bola pra fora do colégio (pro outro lado da rua, onde não tinha como passar sem pular o muro), o objetivo era fazer uma estrutura melhor, mais bonita e, principalmente, coberta.

Por que eu estou contando essa história? pode-se ler nesse link

http://www.camaraguaiba.rs.gov.br/portal/?sec=__pag&id=640

que a governadora Yeda esteve aqui e prometeu a barca pra Guaíba. A barca é um sistema antiguíííííssimo que existia aqui em Guaíba pra cruzar o rio e descer em Porto Alegre (que fica, obviamente, no outro lado do rio). Desde que eu me conheço por gente se fala nessa barca; diz que vai sair, que vão fazer e acontecer, e que ninguém mais vai precisar pegar onibus pra ir em PoA. Mas o projeto sempre é barrado por algum "barão" (a saber, o dono da "Guaíba", que é a ÚNICA empresa de transporte que liga Guaíba a Porto Alegre) que não está nada interessado que isso dê certo.

Bom, eu acho ótima a idéia da barca porque agente vai ter passagens mais baratas, menor tempo de passagem e etc. Mas dúvido que aconteça de fato. Acho que vou viver minha vida toda sem barca. E meus filhos e netos talvez também.

Como ficou a cancha do Nestor? tudo, menos coberta. Até hoje agente passa ali na frente e está tudo do mesmo jeito que sempre. Não se pode acreditar em tudo que se ouve dizer.

Paztejamos

Procurando Uma Explicação Plausível

Eu detesto terrorismo psicológico político. Já comentei aqui várias vezes (inclusive no post anterior) contra aquelas difamações bizarras do candidato dos outros.

Pois bem. Ontem recebi um e-mail. Dizia que a Dilma, o Guido Mantega e mais 6 pessoas (provavelmente importantes) fizeram parte da diretoria da Petrobrás entre março de 2009 e abril de 2010 e receberam 8 milhões em salário (ao todo) nesse período. Desconfiei de cara e fui procurar. Tinha um link no email, mas como eu sou ressabiado fui procurar por minha conta.

Achei. Entrei no site da Petrobras, na parte dos investidores, achei as atas das assembléias (assim como o email mandava fazer caso desconfiasse da fonte) e estava lá! Fiquei encomodado com isso.

Eu nunca ouvi dizer na TV que a Dilma ou o Mantega trabalharam como diretores administrativos da Petrobrás. Olhando outras atas li que o Guido ainda está lá, como diretor.

O caminho a seguir (caso alguém desconfie do link a seguir) é o seguinte: tu abre o site da Petrobrás (.com.br) e clica em "investidores" no canto direito superior. Depois clica em "divulgação e resultados" à esquerda e em seguida "assembléias". Aí tu muda pro ano de 2009 e clica na ata de 8 de abril.

Aqui está o link: http://www.petrobras.com.br/ri/Show.aspx?id_materia=fhdwH96nI3DIBlm5INuCIg==&id_canal=sgg76UC3KYDxaq0ESLvT5w==&id_canalpai=/zfwoC+leAQcwFyERVZzwQ==

O email que eu recebi reclamava de "acúmulo de cargos públicos" (já que a Dilma e o Mantega já tem outras funções no governo). Eu reclamo do absurdamente alto valor pago. Eu não quero eleger barão pra presidente. E isso não é campanha pró-Serra (porque quem me conhece sabe como eu penso). Talvez eu deva anular o voto nessa eleição mesmo.

Agora é ver no que vai dar. Daqui a pouco a Veja publica essa mesma história com um pouco mais de sensacionalismo e o circo pegue fogo. É esperar pra ver xD

Paztejamos

2.10.10

Eleição: The Final Countdown

Tá quase lá. Amanhã acaba.

Depois de amanhã todo mundo para de ser hipócrita como se se importasse com cidadania e volta a vida normal sem mais discutir que esse ou aquele candidato é bom, esse ou aquele candidato é trabalhador, esse ou aquele candidato é honesto ou esse ou aquele candidato é "do capeta".

Depois de amanhã ninguém mais manda emails dizendo que o vice do candidato X ou Y é satanista, ou repassa supostas histórias de candidatos dizendo que "nem Jesus tira" a vitória deles ou que são contra ou a favor de plebiscitos ou leis de Bíblias em bibliotecas.

Depois de amanhã, mesmo com aquele candidato - que no email dizia que se ganhasse ia difundir a iniquidade, o caos, a desordem ou qualquer coisa ruim - no poder, o povo volta ao normal, esquece que acreditou em baboseira e nem se dá conta que aquilo que estava no email nem aconteceu.

Depois de amanhã não haverão mais placas com rostos sorridentes e números encarreirados nas calçadas, nem mendigos pobres sendo aproveitados como mão de obra barata pra campanha de alguém que sugere que essa gente não existe ou não vai mais existir depois do mandato deles.

Depois de amanhã não haverão fanáticos no orkut, twitter, msn, buzz ou na vida real, pendurando cartazes de políticos nas suas janelas, se pintando com as cores do partido, fazendo carreatas com buzinassos em bando pela cidade, convidando para assistir debates na tv e na internet, divulgando frases e fotos de efeito e fazendo publicidade gratúita (no sentido amplo da palavra - ou seja: a toa, sem tanto sentido) endeusando uma pessoa que talvez em alguns meses esteja roubando nosso dinheiro.

Alias, depois de amanhã essas mesmas pessoas esquecerão do tal candidato, só vindo a lembrá-los de novo quando alguma polêmica (ou robalheira) acontecer ou no prazo máximo de 4 anos, quando novas eleições ocorrem. Essas mesmas pessoas não acompanharão as votações no senado, decisões na câmara, decretos e resoluções no palácio, etc. Mas paradoxalmente defenderão com unhas e dentes o ponto de vista desses candidatos, inclusive mudando de opinião para encaixa-la ao programa integral das propostas dos tais candidatos, fazendo assim o contrário do que seria coerente: essas pessoas assumirão o ponto de vista do candidato quando o correto seria que o candidato deveria assumir o ponto do povo.

... Dá pra ver que eu estou louco pra amanhã! E vença quem vencer, não creio que seria muito diferente se outros vencessem.

É isso, vou dormir pra amanhã exercer minha cidadania da maneira mais complacente possível.

Paztejamos