Pesquisa neste blog =D

14.12.10

Dia Mundial Da Luta Contra a Aids

Hoje cheguei da faculdade e fui olhar meus emails. Vinha vindo pensando que tinha que blogar um negócio que tava me encomodando muito, sobre o 'aumento dos salários dos parlamentares', mas quando vi esse email disse "fica pra depois".

O Ministério da Saude aparentemente tem algum tipo de "cadastro de blogueiros" onde eu estou incluso. Quando eles inventam alguma coisa (como a campanha pró-doação de sangue) eles comentam num post do blog para o blogueiro ir bem faceiro ver e acabar vendo que é coisa do governo :P

Não estou reclamando. Acho ótimo, genial. Acho que o governo está cumprindo o papel se inserindo nos ambientes atuais da rede pra divulgar suas próprias campanhas e dinamizando a possibilidade de disseminação da campanha de maneira mais 'viral'. E acho mais ótimo ainda eu estar incluso nesse tal cadastro xD

Recebi o seguinte email:

"Olá, blogueiro(a)!

Nesta semana o mundo todo celebra o Dia Mundial de Luta Contra a AIDS.

Abrace essa causa! Milhões de pessoas lutam, todos os dias, com um grande problema: o preconceito. Viver normalmente com o vírus HIV é possível, é real, e está cada vez mais comum.

Utilize seu blog, seja parceiro dessa campanha, e mostre a todos que você também acredita em um mundo onde SOMOS IGUAIS!

Assista e divulgue o vídeo da campanha: http://bit.ly/hiJ1rn

Acesse: www.todoscontraopreconceito.com.br

Para ter acesso ao material de divulgação, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br.

Obrigado!
Ministério da Saúde
Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/minsaude "
 O vídeo da campanha (que está num link ali) é esse:



Agora sobre a AIDS:

O problema da AIDS é político. Empresas de saúde sabem que lucrarão muito mais na venda de remedios que servem para a manutenção das pessoas com AIDS do que na venda de curas. Alias esse é um problema não só da AIDS, mas de outros tipos de doenças também. Grandes conglomerados financeiros não tem coração, vivem atrás de dinheiro e poder. E é isso que mantem nosso mundo em muitas catástrofes (inclusive a invasão do morro do alemão já poderia ter sido feita antes das eleições, mas o governador provavelmente tinha medo que desse errado e ele acabasse não reeleito).

Sobre o "use camisinha" no fim do vídeo: acho que seria mais conveniente se as pessoas soubessem o que estão fazendo. Enquanto o brasileiro sair se putiando com 3 ou 4 "parceiros" diferentes por festa não adianta dizer "use camisinha". Se em vez disso o governo fizesse campanha pró planejamento familiar as coisas seriam infinitamente diferentes. Mas o que o governo faz é financiar e apoiar o sexo facil inclusive fornecendo camisinhas e anticoncepcionais "públicos" em postos de saude. Pra completar, o governo também é pró-aborto, porque, claro, sabe que sexo financiado dá ocasião para filhos alheios,coisa que brasileiro festeiro putiador não tem condições de sustentar. Por isso nada melhor que tirar. Claro, tirar! ótima idéia. E assim apoiam essa idéia homicida de desumanizar o feto. O governo também podia mandar matar o pessoal que se adoece em consequencia do incentivo ao sexo neh? ¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬ coisa mais ridicula.

Voltando a AIDS. Sem ironias agora. Eu não conheco ninguém que tenha AIDS (ou pelo menos tenha dito que tem). Sinceramente, eu não tenho informação suficiente pra dizer o que alguém aidético não pode fazer (tipo ter contato com o sangue, compartilhar copos ou coisa parecida). Mas aparentemente não é nada sério, grave. Admito minha ignorancia. Mas ficar "ressabiado" com algue´m só porque tem uma doença é uma coisa meio besta, admitamos.

Enfim. Acho que é isso. Preciso sair.

__________________________________
Voltando ao assunto (agora que voltei):

Tá, não é questão de ficar "ressabiado" eu sei. É questão de saude. Se eu souber que alguém que tem alguma doença pode transmitir atravez do uso de alguma coisa (como copos, toalhas, ou sei lá), não vou querer usar pra não ser contaminado. O caso é que pelo menos até onde nos anunciam o governo, tv, jornais e todo o tipo de mídia, não existe esse provlema com a AIDS.

Porém esse não é o preconceito. O nome do site que passaram ali é "todos contra o preconceito". Pelo que a tv noticia ainda existe gente que não pode dizer que tem AIDS se não não é contratado por alguma empresa ou sei la. Na real eu me lembro de ver esses casos na tv só. Mas provavelmente pra existirem campanhas desse genero é porque ainda existe gente da idade média que pensa "ó, se o cara tem AIDS X ou Y" onde X ou Y é algo muito primata.

Enfim, to escrevendo bem 'merda' hoje. To correndo e tenho que estudar :P

PAztejamos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dá um apoio moral pro blogueiro aqui.
Comenta aí ó: