Pesquisa neste blog =D

19.2.11

Calculo Renal 2

Enfim a história das minhas pedras nos rins vai ter um final feliz. Estou agora de jejum, escrevendo enquanto minha família toma café da manhã, nas últimas horas antes de ser submetido a uma litotripsia ou, em palavras menos sofisticadas, um procedimento que consiste em enfiar um caninho que eu creio ser microscócopico pela minha uretra (a partir do meu penis), ir por aí até o meu uretér (caminho entre o rim e a bexiga), passando pela minha bexiga e lá quebrar a pedra que está obstruindo o caminho.



Esse procedimento é necessário porque a pedra, que passou tranquila pelo uretér até agora trancou no mesmo lugar há algum tempo (cerca de um mes), não saindo mais dali, o que pode causar perda do funcionamento pleno do rim, além do que o médico chama de Hidronefrose, que é o grande vilão causador de dores titanicas: significa que o rim, com o seu caminho obstruído, começa a enxer-se de urina e fica "transbordando", o que comprime as paredes internas. Graças ao bom Deus e Pai Todo Poderoso não senti NADA disso durante todo meu processo.

O interessante é que fiz 3 ecografias. Uma quando descobri, uma algumas semanas depois, pra acompanhar onde estava a pedra e outra depois de voltar da praia (cerca de um mes depois da anterior). Segundo os laudos médicos, na primeira a pedra estava no uretér, na segunda a pedra estava na bexiga e na terceira a pedra estava de novo no uretér. Como a pedra não volta para o uretér (coisa MUITO bizarra se acontecesse, devido ao estreitamento das extremidades do mesmo), o que acontece é que o médico do segundo laudo se enganou: a pedra está no fim do uretér há um pouco mais de um mes. Acontece que o caminho do uretér até a bexiga é de uma forma tal que o uretér encaixa na bexiga de uma maneira a causar margem de dúvida (talvez criadora de erro frequente nesse caso) ao médico Ecografista (será essa a designação correta dele).

Pois Bem. Já estou quase saindo. Vou para o procedimento. Espero que dê tudo certo. Assim acabarão aquelas ardencias ao mijar. Logo que voltar ao normal (ficarei cedado por algumas horas) escrevo como foi =D

Paztejamos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dá um apoio moral pro blogueiro aqui.
Comenta aí ó: