Pesquisa neste blog =D

5.7.11

Tempo

Life makes us feel the time we cannot hold
Time makes us live a tale already told
Time makes us heal a feeling inside
a feeling that lies in our heart
that we stole away...

Hoje foi um dia bom. foram os 25 meses de namoro, e estou a exatos 1 mês e 2 dias do concurso. Estudei português tenho boas certezas de que passo no concurso. Depois do concurso vou voltar a postar e está tudo dentro do cronograma, certo, funcionando, direitinho.

Apenas uma decepção a caminho: não passarei, e isso é certo, evidente, na cadeira de física que faço. Dentro do planejamento era pra eu ter 2 meses a mais até o concurso, mas a prova - que estava planejada para outubro - foi antecipada para agosto. Desde então os esforços com a faculdade foram deixados de lado para me dedicar a Prova. Todas as minhas fichas estão nisso, meu último suspiro de realização já que não servi pra nada a que me propus desde que saí escola. É deprimente, me sinto exausto por paradoxalmente não fazer nada útil, construtivo ou edificante nesses últimos 4 anos. Mas preciso pagar esse último preço.

O sentimento interior, that lies in my heart, está prestes a ser stoled away, e eu estou contando os dias. Depois do concurso uma porta se abre, uma oportunidade que eu não posso - e NÃO VOU! - perder. Tenho vários, Vários, VÁRIOS! planos pra realizar, envolvendo igreja, casamento, obra social e faculdade. Estão adiados por enquanto e eu cuido que não devo colocados em ação até o ano que vem. Tudo bem, eles podem esperar, o concurso não.

Down, out
Losing my head
Like a dream you're returning
Back from the dead - awake!
Shadows will fade someday


Das regiões do RS que vão ter concurso a minha é a que menos tem cadidatos: em número absoluto e na relação com o número de vagas. São 16,04 por vaga. Isso me aumenta as chances e me faz ter mais esperança. Além disso eu consegui trocar de curso - de novo ¬¬ e trocarei quantas mais vezes forem necessárias (ou até desistir de fazer faculdade xD) - pra Ciências Atuariais, o que eu considero que pode ser 'útil' pra um funcionário de banco (além de que eu já tenho um semestre inteiro que posso aproveitar com as cadeiras que já fiz). Like a dream, de fato, i'm returning back from the dead, já que tenho significado novo depois de um bom tempo sem. Posso dizer pra quem me perguntar quais são meus objetivos, perspectivas, obstáculos... tudo redefinido e, principalmente, definido (o que em muito tempo não foi).

Enfim, concluindo: são muito mais alegrias - troca de curso, densidade baixa, concurso chegando, namoro estável, possibilidade de futuro útil - do que tristezas - rodar na cadeira, fazer a mãe gastar inutilmente comigo [e se engana minha mãe se pensa que não penso nela nesse sentido] ... por isso eu estou feliz.

tenho visto que não há coisa melhor do que alegrar-se o homem nas suas obras, porque essa é a sua porção; pois quem o fará voltar para ver o que será depois dele?

Paztejamos.

[texto um pouco maluco e com citações que podem estar um pouco obscuras, mas fazem algum sentido... as músicas são do Angra; o último texto de Salomão (Eclesiastes).]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dá um apoio moral pro blogueiro aqui.
Comenta aí ó: