Pesquisa neste blog =D

10.10.11

Quando meu Jesus voltar

Os cristãos têm uma Grande Esperança, a maior de todas, que por ser tão fascinante é as vezes escrita em letras maiúsculas: a volta de Jesus nas núvens pra levar os santos pra Glória.

Muitos são os versículos Bíblicos que prenunciam isso. Jesus dizendo que vai nos preparar lugar, o Apocalipse, o livro de Daniel, Jeremias, Isaias, o sermão profético de Jesus, Paulo na carta aos Tessalonicenses... mas, no fundo no fundo tem uma grande divergência entre a interpretação de cada crente em relação a cada texto.

Eu particularmente não me detenho a interpretações específicas: gosto de saber uma gama delas e acreditar que Deus vai fazer o que tiver planejado para o fim. Ele que sabe, não muda muito minha vida saber o processo certo, contando que eu creia e aplique o que Ele ensinou para agora. Como diz uma passagem muito conveniente: "todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus".

Mas, e no céu, como vai ser?

Mesmo a Bíblia explicitando que "nenhum olho viu e nenhum ouvido ouviu o que Deus tem preparado para nós", Paulo (ou João, me corrijam aí, to desconfiado que li isso no Apocalipse agora) tentou dar um palpite de como talvez fosse o céu. Ele se conceitrou no ambiente, com ouro e pedras preciosas... beleza, mas não é o mais importante. O mais importante é a nova situação em que vamos nos encontrar, isto é, em Deus.

A glória, o corpo incorruptível, a ausência de pranto ou dor, essas coisas não são o mais importante do céu. Como diz uma música do Arautos do Rei "O céu é aqui se aqui Jesus está". O mais mágico de toda o fim é estar com Deus cara a cara, poder conviver com o idealizador de todo o universo, conversar com Ele assim como converso com um amigo, assim como Adão conversava no Éden, saber que a ordem, criação, estrutura, é dEle, e poder prestar homenagem a quem realmente merece méritos por tudo que houver.

Além disso, o mais maravilhoso é saber que nós que estaremos com Ele no céu nada fizemos pra merecermos estarmos lá. Ele quem providenciou todo um esquema e inclusive sofreu horrivelmente pra que nós desfrutemos de paz e alegria eternas.

Enfim. E quando agente chegar lá, que que eu vou fazer? eu sei que eu vou deixar a multidão de salvos conversar o quanto quiser com o Mestre, e nem posso imaginar com o que vou poder me ocupar lá durante a eternidade... devem haver inúmeras diferentes possibilidades que nem posso imaginar para tornar o céu infinitamente mais maravilhoso que essa existência limitada pela física. Mas quando o Senhor estiver disponível eu quero dar um abraço nEle e chamar Ele pra tomar uma boa chícara de café. Claro, café vai ter no céu, é uma bebida divina. Aí agente vai conversar, vou chamar o Duílio também pra conversar junto com nós, tirar nossas dúvidas, fazer todos os questionamentos possíveis, e existem muitos. O céu é a esperança ingênua do crente por um mundo melhor... mas por ser ingênuo não quer dizer que não exista: como Jesus disse, pra entrar no Reino dos Céus temos que ser como as criancinhas.

As vezes eu vou no ônibus ouvindo a Novo Tempo e quando eu olho pras árvores, céu azul, rios... uma beleza natural maravilhosa. Mas o céu é muito mais que isso, em Deus.

Que essa esperança em mim possa inspirar mais alguém a crer e esperar também por Jesus, e possa transmitir força para viver segundo Cristo, por mais falho que cada um de nós seja. E que esse texto consiga sugerir para aqueles que lêem uma perspectiva diferente do mundo em que vivemos, baseada na fé de que Jesus volta e não vai demorar.

Ora vem, Senhor Jesus.
E enquanto esse dia não chegar, nos dê o amor dos irmãos.

Paztejamos

[o café divino deve ser maravilhoso, sem dúvida]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dá um apoio moral pro blogueiro aqui.
Comenta aí ó: